segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Bill inaugura contagem com camisa do Botafogo: "Primeiro de muitos"


Com meta de 30 gols na temporada, atacante desencanta e revela que planejou por uma semana a homenagem a Nilton Santos






Típico camisa 9, Bill chegou ao Botafogo com a responsabilidade de ser o homem-gol. A expectativa inicial, no entanto, no foi correspondia, e o atacante demorou quatro jogos para marcar pela primeira vez com a camisa alvinegra - o fez no 4 a 0 diante do Bonsucesso (veja no vídeo acima). A demora em balançar a rede gerou apreensão, especialmente pelo fato de o jogador ter estipulado a meta de 30 gols na temporada. A confiança, no entanto, continua intacta. E ele garante que ainda dará muitas alegrias à torcida botafoguense.

- Para quem falou que marcaria 30 gols, eu estava ficando preocupado. Mas graças a Deus saiu o primeiro e agora é deslanchar daqui para frente. Sei que essa meta é um desafio, mas esse é o meu objetivo. Agora só faltam 29. Quero cumprir minha meta com a ajuda dos meus companheiros. Saiu o primeiro de muitos - afirmou o camisa 9.

O fato de o primeiro gol ter demorado a sair teve seu lado positivo. Com o pequeno jejum, Bill teve tempo para planejar e ensaiar uma comemoração especial. Contra o Bonsucesso, o atacante homenageou o ex-craque alvinegro Nilton Santos, que passou a dar nome ao Engenhão no sábado passado. Com um passo para fora da área e as mãos levantadas, Bill simulou o lance do ex-lateral contra a Espanha, na Copa de 1962, quando Nilton conseguiu ludibriar a arbitragem após cometer um pênalti.

- Muita gente não entendeu na hora. Dei aquele passo para fora da área e levantei as mãos, como o Nilton Santos. Fico muito feliz marcar gol aqui no Estádio Nilton Santos. Foi algo pensado. Vinha planejando há uma semana - contou o atleta.

Bill estabeleceu a meta de marcar 30 gols em 2015 pelo Botafogo. Fez o primeiro (Foto: Vitor Silva / SSPress)
Confira os principais trechos da entrevista:

Cobranças de René

O René está certíssimo. Erramos muitos passes no primeiro tempo. Depois melhoramos. A equipe está trabalhando muito para crescer ao longo do campeonato.

Seca de gols

Atacante vive de gols. Quando você não marca, fica meio preocupado. Mas tenho a cabeça centrada em ajudar meus companheiros e o Botafogo. Graças a Deus tive a oportunidade de fazer esse primeiro gol em um dia glorioso para o Botafogo.

Evolução

A evolução da equipe é notória, mas ainda temos muito a fazer.

Folga
Foi um dia com a família. Tenho duas crianças. Aproveito meus filhos, minha esposa, vamos ao shopping e a restaurantes.

Fernandes

Até brinco com o Fernandes. É um moleque que tem uma cabeça centrada, todos sabem da qualidade e está crescendo a cada dia. Ele tem tudo para nos ajudar.

Carnaval

Vai ser trabalhando. Nem folga vamos ter. Treino em cima de treino. Mas gosto de ver os desfiles. Esse será meu primeiro Carnaval no Rio de Janeiro. Se tiver a oportunidade, vou tentar acompanhar os desfiles.

Los Larios

Nunca joguei lá. Mas falaram que é um campo ruim. Mas vamos para lá para jogar a nossa Copa. Sabemos da dificuldade que teremos pela frente, mas vamos para lá para vencer. O importante é fazer gol.

Por Marcelo Baltar e Thiago de Lima Rio de Janeiro/GE