segunda-feira, 30 de março de 2015

Bota tenta dosar energias na Copa do Brasil sem perder Carioca de foco


Em meio a problemas de lesões, Alvinegro admite objetivo de eliminar jogo de volta contra Botafogo-PB, nesta quarta-feira




Zagueiro de origem, Diego Giaretta foi utilizado como
volante no clássico com o Vasco (Foto: Vitor Silva / SSPress)
Os empates seguidos com Barra Mansa e Vasco deram ao Botafogo caráter ainda mais decisivo para os jogos contra Madureira e Macaé, nas duas últimas rodadas da Taça Guanabara. Mas antes disso o Alvinegro terá o Botafogo-PB, nesta quarta-feira, pela primeira fase da Copa do Brasil. Eliminar o jogo de volta seria um bom negócio para uma equipe cheia de desfalques por lesões e, por isso, carente de descanso. No entanto, o que se prega, antes de tudo, é respeito ao adversário. Mas, claro, sem perder de vista uma vitória por dois ou mais gols de diferença em João Pessoa, nesta quarta-feira.

- Seria interessante vencermos por dois gols de diferença, mas vamos sentir isso durante o jogo. Além disso, sabemos que não vai ser simples. Se tivermos oportunidade, vamos buscar. Mas temos o exemplo da partida contra o Barra Mansa, que foi muito difícil. Empatamos e lamentamos. Por essas experiências que vivemos, estamos preparados - explicou Diego Giaretta.

Para o meia Elvis, a Copa do Brasil deve ser encarada como um grande objetivo a ser conquistado. Pelo menos até o fim do jogo desta quarta-feira.

- Nossa prioridade agora é a Copa do Brasil. Nosso foco é a próxima competição a ser disputada - ressaltou.

Diego Giaretta explicou que por serem duas competições nas quais o Botafogo pretende lutar pelo título, Copa do Brasil e Campeonato Carioca devem sempre ser mantidas em foco. Principalmente no momento em que a equipe sofre com o desgaste de partidas consecutivas;

- Temos interesse na Copa do Brasil e vamos buscar a vitória. Mesmo com os desfalques, dentro das nossas condições, o grupo tem correspondido bem. Os que entram têm dado conta do recado e deixado o Botafogo no mesmo ritmo. Vamos pensando num resultado positivo na Paraíba, mas sabendo que domingo (contra o Madureira) temos uma final - disse o zagueiro.

Por Gustavo Rotstein Rio de Janeiro/GE