segunda-feira, 30 de março de 2015

Botafogo aprova estreantes, ganha opções e planeja Luis Ricardo no meio


Treinador elogia atuações de Elvis e Alisson contra o Vasco, celebra boa exibição de Diego Giaretta como volante e pretende testar lateral ao lado de Gilberto na direita




Do “pacotão” de 13 reforços apresentados pelo Botafogo no início da temporada, Alisson e Elvis foram os últimos a estrear. Neste domingo, no empate por 1 a 1 com o Vasco, a dupla jogou pela primeira vez com a camisa alvinegra. O debute em um clássico no Maracanã não assustou, e René Simões aprovou o desempenho dos estreantes.

Elvis entrou no início do segundo tempo e mudou a cara do setor de criação do Botafogo. O meia, que no primeiro jogo-treino da pré-temporada, contra o Gonçalense, chegou a ser testado como titular, foi deixado de lado no início do Campeonato Carioca para aprimorar a parte física. Nos últimos treinos ele chamou a atenção de René e ganhou a primeira oportunidade neste domingo.

- O elenco do Botafogo não foi montado por acaso. O Elvis estourou aos 16 anos no Paraná e veio para a base do Botafogo. Depois foi pinçado pelo Benfica. Ele nunca teve um percentual de gordura como está agora, por volta de 9%. Ele me confessou isso. Ele entrou muito bem e mudou o jogo. No segundo tempo o time melhorou muito com o Elvis. O passe dele foi preciso, deu um chute muito bom e ganhamos bastante qualidade – elogiou René.



Alisson foi outro que começou os primeiros treinos do ano como titular, mas perdeu espaço e demorou a ter uma oportunidade. Neste domingo, o zagueiro entrou no lugar de Roger Carvalho, atuou por pouco mais de 20 minutos e não comprometeu.

- Ele entrou bem. Conheço bem o Alisson desde quando ele estava no Paraná. Fez uma Série B excepcional no ano passado. Achei que ele seria titular. Mas é normal. Essa camisa do Botafogo é pesada. Mas ele já está se acostumando com o peso do clube, vem bem nos treinamento e teve uma estreia no Maracanã. Está pronto para jogar - frisou o treinador.

Luis Ricardo pode ser testado no meio

Luis Ricardo pode ganhar oportunidade no
meio de campo (Foto: Vitor Silva / SSpress)
Elvis e Alisson, no entanto, não são as únicas novas opções de René Simões. Recuperado das dores musculares que o afastaram dos treinos, Luis Ricardo voltou a treinar com bola na semana passada e está pronto para voltar. O lateral que jogou apenas um jogo contra o Nova Iguaçu pelo Botafogo, por pouco não entrou no segundo tempo do clássico contra o Vasco. A contusão de Roger Carvalho atrapalhou os planos do treinador, que planeja testar o jogador, em breve, no meio de campo.

- Quando o Roger saiu, eu estava pronto para colocar o Luis Ricardo na frente do Gilberto. O Luis Ricardo joga como lateral e como meia. Acho que ele pode fazer uma dupla muito interessante com o Gilberto pela direita. Essa dupla ainda vai dar muito trabalho.

Se Luis Ricardo ainda vai ser testado no meio, um outro jogador improvisado agradou no clássico contra o Vasco. Diego Giaretta entrou muito bem como volante e recebeu elogios do treinador.

- Ele foi muito bem, um fator surpresa. Ele encaixou perfeitamente. Foi uma decisão acertada. Foi o melhor em campo. Se alguém merece nota 9, é ele. A qualidade dele no passe impressionou. Ainda brinquei com ele: “Acho que você é volante” – disse René ao jogador, que nesta temporada também já atuou como zagueiro e como lateral-esquerdo.

O Botafogo estreia na Copa do Brasil na próxima quarta-feira, às 22h, no Almeidão, em João Pessoa, diante do Botafogo-PB. O GloboEsporte.com acompanha o confronto em Tempo Real.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE