quinta-feira, 12 de março de 2015

Renan Fonseca explica abraço em Jefferson: "Ninguém vai lá atrás"


Após primeiro gol com a camisa alvinegra, zagueiro enaltece união do grupo e brinca sobre comemoração com goleiro ídolo: "Nós sempre ficamos isolados"



A frieza mostrada por Renan Fonseca ao marcar gol na vitória por 3 a 0 sobre o Tigres, na noite de quarta-feira, impressionou. Foi o primeiro dele com a camisa alvinegra. E o zagueiro fez questão de voltar para o campo de defesa e dar um abraço em Jefferson. O motivo é simples e foi explicado de forma bem humorada pelo defensor: na maioria das vezes que outros jogadores do time balançam as redes, ninguém corre para comemorar com os companheiros da linha de trás.


Eram 2 minutos do segundo tempo quando o defensor aproveitou rebote do goleiro adversário. Teve tranquilidade e qualidade para driblar marcador e concluir a gol.

- Quando saem os gols, eu não vou lá na frente comemorar. Nós (eu e Jefferson) sempre ficamos lá atrás. E ninguém vai lá atrás comemorar com a gente (risos). Estamos sempre isolados. Fiz questão de correr de volta para abraçá-lo - explicou Renan Fonseca, em entrevista nesta quinta.

Se na comemoração o grupo se "divide" no dia a dia a situação é outra. Todos os jogadores que passam pela sala de imprensa alvinegra ressaltam a união do elenco, fundamental para o bom início de temporada. Renan Fonseca não disse diferente:

- O grupo passou por uma grande reformulação, veio um jogador de cada canto, escolhidos a dedos. Todos com o perfil de guerreiro. Todo mundo quer se doar ao máximo. O fato de chegar todo mundo junto ajudou na nossa união. Está dando liga, estamos crescendo dentro de campo e fora também. Vejo todos como uma família.

Renan Fonseca admitiu que o time entrou para o jogo contra o Tigres com um certo "peso" nas costas por causa da derrota para o Fluminense. A conversa e cobrança entre os próprios jogadores fez com que a ansiedade diminuísse.

- Entramos um pouco pesados sim por causa da derrota no jogo anterior, mas conversamos e cobramos uns dos outros e conseguimos reverter isso. Não podemos deixar que esse peso nos afete, já carregamos muitos pesos - finalizou.

O próximo adversário do Botafogo é o Resende, domingo, no Estádio Nilton Santos. A partida será realizada às 18h30 (de Brasília).

Renan Fonseca, após driblar marcador, finaliza para abrir placar a favor do Bota (Foto: Dhavid Normando / Ag. Estado)


Por Sofia Miranda Rio de Janeiro/GE