sábado, 25 de abril de 2015

Taça Guanabara Sub-20: Bota e Fla começam decisão com desfile de joias



Sem Douglas Baggio, Rubro-Negro aposta suas fichas em Matheus Sávio e Jorge. Alvinegro conta com os gols de Vinicius Tanque e poder de marcação de Dierson



Times de melhor campanha no Campeonato Carioca Sub-20, Flamengo e Botafogo começam neste sábado, às 17h, a decidir a Taça Guanabara, no Engenhão. Apesar de valer o título do primeiro turno do estadual da categoria e de quebra em cima de um arquirrival, a disputa pelo caneco na base acaba ficando em segundo plano para o interesse na formação e teste das promessas. O GloboEsporte.com acompanha a partida em tempo real

Os dois times entram em campo recheado de jogadores que já tiveram oportunidades no elenco principal, alguns com certo destaque: caso de Matheus Sávio e Dierson. Entretanto, uma das maiores atrações encontra-se lesionada: Douglas Baggio, artilheiro da competição com 16 gols, está fora com um problema no tornozelo direito.

Atento às promessas, o GloboEsporte.com destaca as joias que merecem olho vivo:

JORGE, LATERAL-ESQUERDO

Jorge foi utilizado uma vez na equipe principal no
 ano passado (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
O único entre os participantes da final que foi recentemente convocado para a Seleção de base. Lateral-esquerdo de 19 anos, Jorge aparece como um jogador com bom poder de apoio e conclusão. Prova disso são os os quatro gols marcados pelo jogador neste estadual. Foram três contra o Boavista, na primeira fase, e o gol de empate na segunda partida de semifinal contra o Vasco.

Jorge foi relacionado em algumas oportunidades para o time principal. Entretanto, foi utilizado apenas uma vez, no Carioca do ano passado no empate contra o Bangu. Na ocasião, o lateral entrou na segunda etapa.

VINICIUS TANQUE, ATACANTE
Vinicius Tanque é o vice-artilheiro do Carioca
Sub-20 com 16 gols (Foto: Divulgação)
Ninguém marcou mais gols no Botafogo do que o atacante de 20 anos. Tanque é o vice-artilheiro do Campeonato Carioca Sub-20, com 15 gols - o líder é Douglas Baggio, do Flamengo, que tem 16. Com porte físico avantajado, o atacante faz deste quesito seu principal trunfo dentro de campo.

Promessa das categorias de base do Glorioso, o jogador teve apenas uma chance na equipe profissional até então: foi relacionado para a partida contra o Goiás, no Campeonato Brasileiro do ano passado, mas sequer entrou em campo. Neste sábado, é a principal esperança de gols do time do técnico Maurício de Souza.

MATHEUS SÁVIO, MEIO-CAMPO
Matheus Sávio fez quatro gols no profissional este
 ano, inclusive contra o Flu (Foto: André Durão)
Este jovem meio-campo tem apenas 18 anos e é tratado como um joia dentro do Flamengo. Na torcida também. Tanto que um grupo intitulado "Flamengo da Nação" ajudou a comprar parte dos direitos federativos do atleta.

Veloz e habilidoso, Matheus Sávio tem sido utilizado na equipe principal, onde já marcou três vezes em cinco jogos neste ano. Um deles, inclusive, na vitória contra o Fluminense. No Carioca Sub-20 divide a criação ao lado do também badalado Jajá. Marcou outros três gols pelo estadual da categoria de base. Antes disso, o meio-campo já havia sido o grande nome da equipe na conquista do Torneio Otávio Pinto Guimarães no ano passado.




DIERSON, VOLANTE

Dierson já é conhecido da torcida
(Foto: Vitor Silva / SSPress)
O volante de 19 anos é bem conhecido pela torcida botafoguense. Com a chegada de Renê Simões, ele passou a figurar na equipe profissional e fez sua estreia no Campeonato Carioca deste ano, na vitória sobre o Tigres. O menino também atuou no jogo seguinte, contra o Resende, e foi relacionado para outras quatro partidas.

No Campeonato Carioca Sub-20, Dierson marcou apenas um gol. Porém, o volante se destaca em campo pela entrega na marcação e também na qualidade do passe.

ATAQUE X DEFESA

O Flamengo aparece com a melhor campanha e é o único invicto na competição até o momento. Foram 10 vitórias e quatro empates em 14 jogos. O Rubro-Negro tem também o ataque mais positivo do torneio com 46 gols. Porém, é justamente neste setor que o time tem o seu maior desfalque para a partida: o atacante Douglas Baggio não joga por conta de uma lesão.

- O grande objetivo da base é formar o atleta para o profissional. Uma final envolve muitas variáveis que somente aquele momento dará ao atleta e irá contribuir na sua formação. Até agora, na minha opinião, conseguimos ser competitivos e também apresentando um bom nível de jogo. Estamos querendo manter essa filosofia também nesses dois jogos. Entendo que, dessa forma, estaremos mais perto do que queremos. Jogar bem irá nos aproximar desse objetivo - afirmou o técnico do Flamengo, Zé Ricardo, que recentemente rejeitou um convite para a Seleção Sub-15 para permanecer no comando da equipe.

O Botafogo fez a segunda melhor campanha na fase de grupos. E, se o adversário tem o melhor ataque, o Alvinegro tem a defesa menos vazada da competição: apenas oito gols sofridos. O técnico Maurício de Souza tem dois desfalques para a partida. Suspensos por terem sido expulsos na partida de semifinal contra o Fluminense, o lateral-direito Diego e o atacante Luiz Henrique não jogam. Entram, respectivamente, Erick e Leandro.

- Acho que o mais importante é o clube ter filosofia na maneira de jogar, construir a maneira de jogar. E, dentro desta maneira de jogar, buscar ganhar títulos. Claro, existem as variações, tudo pode acontecer durante a partida. Mas o mais importante, na minha opinião, sem dúvidas é a filosofia de jogo. E que siga o padrão do clube. Dentro da filosofia, temos que buscar ganhar. Acho que não precisa dissociar a formação da vitória. Você pode formar e vencer - disse o técnico Maurício de Souza.

Por Tébaro Schmidt e Chandy Teixeira Rio de Janeiro, RJ/GE