quinta-feira, 7 de maio de 2015

Com facilidade, Botafogo volta a vencer Capivariano e avança


Alvinegro se classifica para a terceira fase da competição e enfrentará vencedor do confronto entre Figueirense e Avaí










A zebra dormiu cedo numa noite fria para os padrões do carioca. A equipe mista do Botafogo não teve problemas para derrotar o Capivariano-SP por 3 a 0, garantindo vaga na próxima fase da Copa do Brasil, quando enfrentará o vencedor do duelo catarinense entre Avaí e Figueirense. A partida marcou a despedida do veteraníssimo Amaral, ex-Palmeiras, Corinthians e Vasco, a estreia do lateral alvinegro Pedro Rosa, embora não tenha sido possível avaliá-lo, dada a fragilidade do adversário, e o retorno de Cidinho - você ainda lembrava dele?

O time paulista, sem opção, saiu em busca do gol que lhe permitiria alimentar esperanças de classificação. E acabou pagando o preço. Aos nove minutos, Sassá acertou uma pancada no travessão. Aos 17, como se formassem de fato uma dupla sertaneja, Sassá lançou Gegê, que aparou e bateu de canhota à direita de André Luiz: 1 a 0. Aos 26, Amaral sentiu contusão e deixou o gramado e o próprio futebol. O Botafogo continuou mandando no jogo e enfiou 2 a 0 aos 36, numa bela combinação. Luiz Ricardo lançou Henrique, que cruzou para Sassá - olha ele aí de novo - concluir de cabeça. O Capivariano bem que fazia esforço, mas esbarrava nas suas muitas limitações, em todos os setores, à exceção do lateral Oliveira, que merece uma experiência num clube maior.

O time carioca voltou para a etapa derradeira com Daniel Carvalho no lugar de Diego Jardel, visando ampliar o poder ofensivo, mantendo a bola no campo do adversário. Aos 21, quando os quase 1.500 presentes ao Engenhão já começavam a bocejar, Daniel Carvalho cobrou escanteio e Luiz Ricardo cabeceou à direita, entre a trave e o goleiro: 3 a 0. O Leão da Sorocabana tentava prender a bola, para evitar o pior, mas só não tomava mais gols porque o Botafogo, com a vitória no bolso, jogava em ritmo de treino.

Vale ressaltar, porém, que o Alvinegro também venceu com facilidade porque evitou desde o começo que a zebra vermelha ousasse aproveitar a noite carioca.

BOTAFOGO 3 X 0 CAPIVARIANO

FICHA TÉCNICA


Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 6/5/2015 - 22h (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Renda e público: R$ 21.655/ 1.276 pagantes
Cartões amarelos: Emerson, Alisson (BOT);W. Favoni (CAP)
Gols: Gegê 17'/1°T (1-0), Sassá 36'/1°T (2-0), Luis Ricardo 21'/2°T (3-0)

BOTAFOGO:
Jefferson; Luis Ricardo, Alisson (Diego Giaretta 13’/2º) Emerson e Pedro Rosa; Airton, Fernandes (Cidinho 30’/2º T), Diego Jardel (Daniel Carvalho /intervalo) e Gegê; Sassá e Henrique - Técnico: René Simões

CAPIVARIANO:
André Luis; Oliveira, Marllon, Hélio e Pedro Henrique; Amaral (George 27'/1°T), Everton Dias, Willian Favoni e Wigor; Rodolfo e Romão (Alex 38'/1°T) - Técnico: Evandro de Souza


Leia mais no LANCENET!