sexta-feira, 8 de maio de 2015

Grama precária e Jefferson astro: o último treino do Bota antes da estreia


Atividade na tarde desta sexta-feira, no Estádio Baenão, em Belém, confirma Diego Jardel como titular contra o Paysandu no sábado, pela Série B



Antes mesmo de estrear, o Botafogo começou a sentir algumas das muitas dificuldades que o esperam na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Diante de quase 200 torcedores, a equipe realizou na tarde desta sexta-feira seu último treino antes de enfrentar o Paysandu no sábado, pela primeira rodada da competição. A atividade ocorreu no Estádio Baenão, que pertence ao Remo, sob um gramado em condições precárias.

Goleiro Jefferson no treino do Botafogo em Belém (Foto: Gustavo Rotstein / GloboEsporte.com)
Acostumado a atuar em pisos impecáveis vestindo a camisa da seleção brasileira, Jefferson foi obrigado a treinar sob a lama, em um terreno praticamente sem grama. Mas isso não impediu que o goleiro atuasse de forma determinada, pedindo o máximo dos companheiros visando à próxima partida. Em alguns momentos, o capitão precisou dividir sua atenção com a torcida, que o tratou como um astro, gritou seu nome e a todo momento pediu um aceno, sempre correspondido.

Botafogo treina no Estádio Baenão, em Belém, antes de estrear
 na Série B (Foto: Gustavo Rotstein / GloboEsporte.com)
Mesmo diante do claro temor por uma lesão em virtude do péssimo estado do gramado, o técnico René Simões comandou um treino tático de cerca de 15 minutos, no qual definiu a equipe que entra em campo neste sábado. A novidade é Diego Jardel, destaque do time reserva do Botafogo nas duas partidas contra o Capivariano, pela Copa do Brasil. Assim, Luis Ricardo volta para o banco, na única alteração em relação à formação que iniciou a decisão do Campeonato Carioca, contra o Vasco, no último domingo.

O Botafogo, então, treinou com a seguinte formação: Jefferson, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Fernandes e Diego Jardel; Rodrigo Pimpão e Bill.

Impedido de treinar no Mangueirão por determinação da Secretaria de Esportes de Belém – que argumentou a necessidade de preservar o gramado do jogo deste sábado –, o Botafogo teve como principal foco no ensaio geral as rápidas saídas da defesa para o ataque. Houve também tempo para testar o posicionamento nos escanteios defensivos.

Por Gustavo Rotstein Belém/GE