sexta-feira, 29 de maio de 2015

No mercado, Botafogo busca dois atacantes e deve emprestar Gegê


René revela que clube está atrás de jogador de velocidade e centroavante e, sem citar nomes, lamenta o acerto de Riascos com o Vasco. Meia tem proposta e pode sair





René Simões diz que clube busca centroavante
e homem de velocidade (Foto: Marcelo Baltar)
O Botafogo está no mercado, e o ataque é o setor a ser reforçado. O clube procura dois jogadores para a posição, e a preferência é por um atacante de velocidade e um centroavante. O uruguaio Emiliano Alfaro, que está no Liverpool-URU, mas pertence ao Lazio, é o principal alvo no momento. Por conta de problemas financeiros, no entanto, o Botafogo vem encontrando dificuldades para contratar. O colombiano Riascos, por exemplo, estava na mira do técnico René Simões, mas acabou emprestado pelo Cruzeiro ao Vasco.

- Perdemos nossa velocidade na frente. Tínhamos o Jobson e o Sassá. Não conseguimos resolver ainda a situação do Jobson, e torcemos para que o Sassá volte logo. Fica tudo em cima do Bill. Estamos tentando contratar jogadores de qualidade. Não adianta vir para ter quantidade. Mas o mercado está difícil. Ventilei um jogador (Riascos) que acabou indo para outro clube carioca (Vasco). Não e fácil contratar. Mas estamos atrás de um centroavante e de um homem de velocidade, que está fazendo falta - revelou René Simões.

As posições estão definidas, alguns nomes são estudados, mas o Botafogo não estipula um prazo para contratar. Com um teto salarial de aproximadamente R$ 60 mil, o clube não vai fazer loucura e deixar de lado a política de austeridade.

- Estamos no mercado. Saímos para comprar um carro. Mas se eu tenho dinheiro, chego na agência e compro o carro que quiser. Estamos procurando jogadores dentro da realidade. O Botafogo não faz loucuras. Presidente já disse que pode faltar tinta para a caneta, pode faltar o cafezinho, mas os salários vão ficar em dia.

Gegê tem proposta para sair

Gegê deve deixar o Botafogo (Foto: Thales Soares)
Enquanto procura se reforçar, o Botafogo também pretende reduzir o elenco para reduzir custos com a folha salarial. O próximo a sair pode ser Gegê. Sem espaço após as contratações de Daniel Carvalho, Lulinha e Camacho, o meia tem proposta e deve ser emprestado.

- O Gegê tem proposta. Vai depender dele. Se ele quiser ir, vamos liberar. Ele precisa jogar. Gosto muito dele, mas temos muitos jogadores para a posição - ressaltou o treinador.

Atualmente, incluindo os jogadores que treinam separados, o elenco do Botafogo contra com 49  jogadores.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE