segunda-feira, 18 de maio de 2015

Willian Arão trilha caminho artilheiro no Botafogo: “Momento mágico”


Autor de três gols havia marcado apenas um gol como profissional até chegar ao clube



Willian Arão já marcou três gols pelo Botafogo
(Foto: Cezar Loureiro / Ag. O Globo)
Em fevereiro do ano passado, Willian Arão sentiu pela primeira vez o gosto de marcar um gol como profissional. Ele ainda vestia a camisa da Chapecoense e celebrou a vitória na partida contra o Atlético de Ibirama, pelo Campeonato Catarinense. Demorou pouco mais de um ano para que ele voltasse a sentir a sensação, já com a camisa do Botafogo, onde o volante encontrou seu caminho de artilheiro. No último sábado, ele chegou ao seu terceiro gol na temporada, marcando na goleada por 4 a 1 sobre o CRB.

Embora faça questão de contar o gol que marcou na disputa de pênaltis na semifinal do Carioca, contra o Fluminense, Willian Arão sabe que os três gols marcados em 2015 representam algo que já faz 2015 um ano especial em sua carreira.

- O que estou vivendo é muito importante. Só tinha feito um gol na carreira, e agora estou batendo recorde. Então é um momento mágico, também nas partes física e técnica. Eu me cobro muito nos passes tenho boas porcentagem de acerto nas partidas. Além disso tenho feito gols, algo que eleva o jogador. Fico feliz por poder ajudar o Botafogo, e espero fazer ainda mais - disse.

Antes de marcar contra o CRB, Willian Arão anotou gols no primeiro jogo da semifinal do Carioca, contra o Fluminense, e na partida de volta contra o Botafogo-PB, pela primeira fase da Copa do Brasil. O volante ressalta, entretanto, que não tem o gol como sua principal meta quando entra em campo.

- Minha primeira função não é fazer gol. Preciso dar qualidade na saída de bola, consistência defensiva e fazer com que a bola chegue aos meias com qualidade. Mas de vez em quando têm aparecido as oportunidades e procuro ajudar o time - afirmou.

Por Gustavo Rotstein Rio de Janeiro/GE