sexta-feira, 5 de junho de 2015

Com ambições distintas, Botafogo e Mogi Mirim fazem duelo de extremos


Na tentativa de manter a invencibilidade na Série B do Campeonato Brasileiro, líder encara o lanterna às 21h50 desta sexta-feira, no Estádio Nilton Santos





Montagem de capa do GE
O roteiro do Botafogo na Série B do Campeonato Brasileiro é de animar a torcida. Confiante em um caminho sem problemas para retornar ao grupo de elite do futebol brasileiro, o Alvinegro encara o Mogi Mirim, que ainda não sabe o que é vencer na competição. A partida acontece nesta sexta-feira, às 21h50, no Estádio Nilton Santos, onde mantém aproveitamento de 100% nos 12 jogos da temporada.

O time do Rio de Janeiro aparece no topo da tabela de classificação após quatro vitórias e um empate. A equipe do treinador René Simões só perdeu pontos para o Atlético-GO, fora de casa. A campanha tem números expressivos: nove gols marcados - melhor ataque da competição - e apenas dois sofridos - segunda melhor defesa. Sem Jefferson, Arão e Carleto, o Botafogo aposta em Daniel Carvalho e a dupla de ataque Pimpão e Bill.

Ainda sem vencer (dois empates e três derrotas), o Mogi Mirim é o lanterna da Série B com apenas dois pontos em 15 pontos disputados, alcançando somente 13,3% de aproveitamento nas primeiras cinco rodadas. Na terça-feira, na estreia do técnico Ailton Silva, substituto de Edinho Nascimento, filho de Pelé, o Sapo perdeu do Boa Esporte, por 2 a 0, em casa. A ordem do presidente Rivaldo Ferreira é incomodar o líder da Série B e pelo menos arrancar um ponto como visitante para iniciar a reação e fugir das últimas colocações.

Paulo Henrique de Melo Salmazio apita o jogo, auxiliado por Sérgio Alexandre da Silva e Cícero Alessandro de Souza, todos do Mato Grosso do Sul. O SporTV mostra o jogo para todo país, menos para o estado do Rio de Janeiro. O Premiere e o PFC HD transmitem a partida. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos.




Botafogo: René Simões será obrigado a promover mudanças em relação ao time que iniciou a partida contra o Paraná. Daniel Carvalho, poupado na terça-feira, retorna na vaga de Diego Jardel, que aparece como opção para a vaga de Elvis, preservado do treino desta quinta por desgaste acumulado. Sem Carleto, lesionado, e Arão, suspenso, Pedro Rosa e Camacho começam. A mudança mais significativa é no setor defensivo. Roger Carvalho foi testado ao lado de Renan Fonseca, enquanto Giaretta ganhou o lugar de Marcelo Mattos. O Botafogo deve começar com a seguinte formação: Renan; Gilberto, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Pedro Rosa; Diego Giaretta (Marcelo Mattos), Camacho, Elvis (Diego Jardel) e Daniel Carvalho; Rodrigo Pimpão e Bill. .

Mogi Mirim: Ailton Silva não conta com três titulares, suspensos, para o confronto: o lateral-direito Edson Ratinho, o zagueiro Fábio Sanches e o meia Vitinho. As opções são Valdir ou Biel na lateral, Alex Moraes na defesa e Léo Bartholo ou Romarinho no meio de campo. O treinador, porém, faz mistérios em duas posições. O Sapo deve começar com Daniel; Valdir (Biel), Alex Moraes, Wagner e Leonardo; Magal, Hygor, Léo Bartholo (Romarinho) e Élvis; Geovane e Junior Juazeiro.




Botafogo: a serviço da seleção brasileira, Jefferson desfalca o Alvinegro. Carleto, com lesão no joelho esquerdo, Sassá, vetado pelo preparador físico Ednilson Sena, e Willian Arão, expulso contra o Paraná, completam a lista dos jogadores que não estarão à disposição de René Simões..

Mogi Mirim: Edson Ratinho, Fábio Sanches e Vitinho (suspensos), Mauro e Romildinho (lesionados) e Bruno Arrabal (ainda sem contrato no BID).



Botafogo: Diego Giaretta, Marcelo Mattos e Thiago Carleto.

Mogi-Mirim: Geovane e Magal.

Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro/GE