sábado, 6 de junho de 2015

Com proposta para renovar, Renan avalia saída ou permanência no Bota


Goleiro afirma que desejo de deixar o clube não é mais o mesmo, mas ainda cogita buscar novos ares para atuar com mais regularidade



Renan em treino do Botafogo: goleiro vive momento
de decisão na carreira (Foto: Vitor Silva/SSPress)
A presença de Jefferson na Copa América dá a Renan uma nova sequência de partidas como titular do Botafogo. Mas nas próximas semanas as atenções do goleiro estarão voltadas para além dos adversários da equipe. Está em curso uma conversa para definir o futuro do jogador de 25 anos, que terá contrato encerrado em 31 de dezembro. O clube deseja sua permanência, mas ele ainda avalia os prós e contras, pensando no futuro de sua carreira.

Uma coisa, entretanto, é certa. A certeza de que precisava sair do Botafogo não existe mais. Ao contrário do ano passado, quando buscou um novo clube para jogar com regularidade – e a não concretização desse plano resultou em mais de seis meses sem disputar uma partida –, ele agora considera a possibilidade de aceitar a oferta para permanecer, mesmo com a consciência de que seguirá na reserva de Jefferson.

- Hoje minha cabeça está nos jogos que tenho que fazer. Enquanto isso estou analisando o que é melhor para mim e para o clube. Deixo bem claro que existe a possibilidade de ficar, mas também já falei algumas vezes que tenho o desejo de sair para jogar. No ano passado essa vontade era muito mais forte em mim, hoje, não tanto. Tenho muito carinho pelo Botafogo, então estamos conversando - explicou Renan, que a partir do fim de junho já pode assinar pré-contrato com outro clube.

Fora até do banco de reservas durante a maior parte de 2014, Renan voltou a ser o substituto imediato de Jefferson em janeiro. E o goleiro se destacou quando o titular da seleção brasileira passou por uma cirurgia no joelho e ficou um mês parado, na reta final do Campeonato Carioca. Com a presença de Jefferson na Copa América, Renan terá a chance de disputar até mais cinco partidas pela Série B do Brasileirão. Ele esteve em campo contra Paraná Clube, na última terça-feira, e Mogi Mirim, na sexta.

Por Gustavo RotsteinRio de Janeiro/GE