segunda-feira, 20 de julho de 2015

Atacante Henrique, do Botafogo, deve ser o próximo reforço do Coritiba


Diretor executivo do Coxa, Maurício Andrade, confirma as negociações adiantadas com o jogador de 24 anos. Uruguaio Sebástian Fernández está quase descartado




Henrique deve ser mais um reforço do Coxa para a
 temporada de 2015 (Foto: Cezar Loureiro/Globo)
O atacante Henrique, do Botafogo, deve ser mais um reforço do Coritiba para a temporada de 2015. Sem espaço na equipe carioca, o jogador de 24 anos já está com conversas adiantadas com o Coxa para assinar o contrato de empréstimo até o final do ano. O nome foi uma indicação do técnico Ney Franco, que trabalhou com o jogador na Seleção Brasileira sub-20, em 2011.

O diretor executivo do clube, Maurício Andrade, confirmou as negociações com Henrique e explicou que a vinda do mesmo não tem nada relacionado a lesão do atacante Kleber, que foi submetido a uma artroscopia na semana passada.

- Sim, estamos negociando com o Henrique e a tendência é que ele assine até o final do ano com o Coritiba. Já era uma necessidade evidente no nosso elenco e não tem nada a ver com a lesão do Kleber. Precisávamos trazer mais um atacante - declarou o dirigente, em entrevista ao GloboEsporte.com.

A vinda de Henrique está relacionada ao péssimo rendimento ofensivo da equipe no Campeonato Brasileiro. Com apenas oito gols em 14 jogos, o Coxa só tem o setor ofensivo mais efetivo do que o Joinville e Vasco, que balançaram as redes em sete oportunidades.

Inclusive, a falta de pontaria da equipe é apontada como o principal aspecto para a situação complicada do Coxa, que ocupa a zona de rebaixamento. O time de Ney Franco é o sexto que mais finaliza na competição, mas na hora de acertar a meta, a bola não entra.

Com 24 anos, Henrique foi revelado pelo Atlético-PR, mas ainda na base, se transferiu para o São Paulo. E foi no clube paulista que o atacante iniciou sua carreira profissional e ganhou projeção nacional para ser convocado para a Seleção Brasileira sub-20. Depois, o jogador passou por Vitória, Granada da Espanha, Sport, Real Madrid Castilla, Bahia e atualmente, defende as cores do Fogão.

Nesta temporada, o jogador atuou em apenas cinco jogos e ainda chegou a ser afastado pelo ex-técnico do clube, Renê Simões. O último gol de Henrique aconteceu pelo Bahia em 2014.


Conversas com o uruguaio Sebástian Fernández esfriam

Por outro lado, Maurício contou que as conversas com o meia-atacante uruguaio, Sebástian Fernández esfriaram e que a possibilidade do mesmo assinar com o Coritiba é mínima.

- As conversas com o Sebástian esfriaram e a tendência é que ele não venha mais. Chance mínima - afirmou.

Por Ana Helena Goebel Curitiba/GE