quarta-feira, 29 de julho de 2015

Disposição de sobra: Gomes comanda primeiro treino na união com Botafogo


Em seu recomeço e na missão de levar o clube de volta à Série A, treinador conduz atividade dos reservas no Estádio Nilton Santos visando ao jogo contra Luverdense





Com o auxiliar Jair Ventura ao fundo, Ricardo Gomes
comanda treino dos reservas (Foto: Gustavo Rotstein)
No dia 27 de agosto de 2011, Ricardo Gomes havia comandado seu último treinamento. Quase quatro anos depois, no mesmo local onde sofreu um Acidente Vascular Cerebral, ele tomou a frente do Botafogo. Na tarde desta quarta-feira, dia seguinte do empate em 0 a 0 com o Criciúma, o novo técnico alvinegro mostrou sua cara ao elenco. Mesmo ainda sem contar com os titulares, que fizeram um trabalho regenerativo na academia, Ricardo apresentou, numa atividade de mais de duas horas de duração, um pouco da forma como pretende, a partir de agora, levar o time de volta à elite do futebol nacional e, mais do que isso, ao título da Série B do Brasileirão.


Depois de uma breve conversa com o elenco no gramado e um papo separado com os uruguaios Bazallo e Navarro, Ricardo Gomes acompanhou de dentro do campo o trabalho físico dos jogadores. Com uma prancheta nas mãos, conversou muito com os auxiliares Luiz Otávio e Jair Ventura. Apesar da limitação física por causa de um problema crônico no joelho, oriundo de uma lesão sofrida em 1984, nos tempos de jogador, o técnico se movimentou muito para preparar as atividades técnicas e táticas que viriam a seguir.


Ricardo Gomes entrou em ação em seguida, para orientar os jogadores. Explicou o que pretendia ao comandar uma atividade na qual uma dupla ofensiva iniciava uma jogada que precisava terminar em gol após passarem por duas barreiras defensivas. Mostrou boa articulação para pedir intensidade, velocidade e objetividade com a bola nos pés.


– Isso! Vai! Vai! – gritou em alguns momentos, fugindo da calma e discrição habituais.


Mesmo sem os titulares na atividade principal, Ricardo Gomes pôde ter uma ideia do que poderá ter em mãos em sua partida de estreia, contra o Luverdense, neste sábado. Isso porque Neilton fez seu primeiro treino, no qual mostrou uma característica diferenciada dos demais, e que dá quase a certeza de que será titular. Mesmo com 10 minutos em campo contra o Criciúma, Navarro deixou boa impressão e voltou a mostrar oportunismo e bom posicionamento no treino desta quarta-feira. Por enquanto, certeza mesmo é a regularização dos volantes Bazallo e Serginho, que devem ser relacionados para o jogo.


O primeiro dia mostrou um Ricardo Gomes com disposição de sobra para se unir ao Botafogo na tarefa de recomeçar.

Por Gustavo RotsteinRio de Janeiro/GE