quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Aos 38 anos, Loco Abreu afirma manter sonho de voltar ao Botafogo


Atacante está no Nacional, do Uruguai, diz estar jogando em alto nível e garante que desejo de retornar ao Glorioso está vivo



Loco Abreu diz querer voltar ao Botafogo
(Foto: Bruno de Lima/LANCE!Press)
Após empréstimo ao Aucas, do Equador, Loco Abreu está de volta ao Nacional, do Uruguai, clube com o qual tem contrato até o fim de 2015, e se prepara para disputar a Copa Sul-Americana. No entanto, mesmo à distância, o centroavante mantém vivo o desejo de retornar ao Botafogo. Isso é o que afirma em entrevista à Rádio Tupi.

- Todo mundo no Botafogo, precisando do Loco Abreu, está livre para entrar em contato. Mas, volto a falar, hoje estou focado em um desafio desportivo muito lindo no Nacional, vamos jogar a Copa Sul-Americana, temos que cuidar do título de campeão uruguaio, mas daqui a uns três ou quatro meses, eles (Botafogo) achando que é um momento para poder voltar, podemos conversar. A paixão pelo clube e o sonho permanecem sempre presentes em mim. Enquanto continuar jogando futebol em alto nível, o sonho de voltar permanece. Não sei se isso será possível, mas a última esperança é sonhar. Por enquanto estou ligado fortemente no Nacional, mas a esperança de voltar sempre está na minha mente - afirmou Loco Abreu.

Em dezembro do ano passado, Loco foi oferecido ao Botafogo, após passagem de um ano e meio pelo Rosario Central, da Argentina. No entanto, as conversas não evoluíram. Logo em seguida, o uruguaio acionou o clube na Justiça trabalhista para cobrar uma dívida ainda referente a passagem dele em General Severiano, que durou entre 2010 e 2012. O valor cobrado pelo atacante seria algo em torno de R$ 2 milhões.

Com o Botafogo na Série B, Loco conta que tem acompanhado e torcido pelo Alvinegro. Ex-capitão do time, Abreu dá a receita para o time subir para a primeira divisão e afirma que é preciso que os jogadores alvinegros tenham personalidade para superar o momento difícil.

- Estou acompanhando. a gente sabe que o Botafogo tem obrigação de subir rápido para a série A, mas o torcedor também quer que o time jogue bem, além de ganhar. A gente sabe que a Série B é difícil, tem times que jogam muito bem e fazem uma estratégia complicada jogando em casa. Mas o torcedor tem que estar junto do time para que o Botafogo retorne à Série A, que é para onde tem que ir. É um torneio difícil. Mas, sinceramente, o jogador que está no Botafogo tem que saber que independentemente das dificuldades, tem que jogar bem e ganhar. A obrigação do time grande é essa: ser protagonista da competição e voltar para a Série A. Este tem que ser o único objetivo do clube para este segundo semestre - afirmou o uruguaio.

Campeão estadual com o Botafogo em 2010, Loco deixou o Botafogo, em 2012, após desentendimentos com o técnico Oswaldo de Oliveira, que não lhe garantia vaga de titular em todos os jogos do time. Primeiramente, foi emprestado ao Figueirense. No início de 2013, rescindiu contrato e assinou com o Nacional. Agora, aos 38 anos, afirma estar em plena forma e em condições de continuar jogando.

- Estou jogando muito. A idade não importa, deve-se saber se está jogando bem ou mal - afirmou Abreu.

Há menos de um mês atrás, a diretoria do Botafogo contratou dois compatriotas de Loco: o volante Bazallo e o centroavante Navarro. Abreu se disse confiante nas chances de eles se darem bem em General Severiano.

- Eles podem ajudar o Botafogo sim. Um é um meia de muita marcação e pegada, outro é um centro avante, que precisará de companhia, para ser positivo para o time. Mas são jogadores que tem muita fome de triunfar no futebol brasileiro - disse Loco.



RADAR/LANCEPRESS! - LANCENET!