quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Após atraso, Prefeitura garante entrega da obra na cobertura do Estádio Nílton Santos para setembro



Extra


Por meio de nota, a Prefeitura do Rio de Janeiro garantiu que a obra na cobertura do Estádio Nílton Santos, programada para acabar no último dia 31 de julho, será concluída em agosto. Segundo a RiuUrbe, desde o dia 20 de julho acontece a desmontagem da infraestrutura criada para executar a obra da cobertura.

Agora, as torres provisórias que funcionam como sustentação da cobertura estão sendo retirados. Das 34 torres, oito já foram removidas, com a expectativa que o restante esteja concluído em cerca de 20 dias.

Ao falar sobre as obras no Estádio Nílton Santos, o prefeito Eduardo Paes, em entrevista que marcou a data de um ano para o início dos Jogos Olímpicos, garantiu que a cobertura estará entregue em setembro.

Confira a nota da Prefeitura na íntegra:

A Prefeitura do Rio, por meio da Riourbe, informa que as obras da cobertura do Estádio Olímpico João Havelange encontram-se em conclusão. No dia 20 de julho teve início o processo de desmontagem da infraestrutura criada para executar a obra da cobertura. Os macacos hidráulicos, aos poucos e por fases, começam a baixar a estrutura.

Na medida em que a cobertura se acomoda, projetistas avaliam as deformações e fazem cálculos para saber se está tudo ocorrendo dentro do previsto. Paralelo a isso, as 34 torres provisórias que sustentam a cobertura são retiradas gradualmente. Até agora um total de oito torres provisórias foram completamente retiradas. Esse trabalho é necessário para desmobilização da grande estrutura montada nas áreas internas e externas do estádio para as obras de reparo.

O Consórcio Engenhão já liberou ao Botafogo, desde o dia 30 de abril, o total de 32.347 assentos, ou seja, quase 75% da capacidade total do estádio que é de 45 mil lugares. A previsão é que dentro de 20 dias toda a estrutura seja retirada.


Leia mais: http://extra.globo.com/esporte/botafogo