quarta-feira, 30 de setembro de 2015

De olho em 2016, Botafogo determina prioridades e observa mercado sul-americano


Glorioso já iniciou conversas de renovação com alguns jogadores do atual elenco



Ricardo Gomes é prioridade do Botafogo
(Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)
Com um pé na Série A do Campeonato Brasileiro de 2016, a diretoria do Botafogo já começou o planejamento da próxima temporada. O Glorioso tem algumas prioridades, como manter o técnico Ricardo Gomes e também o gerente de futebol, Antônio Lopes. Além disso, o clube mapeia o mercado em busca de reforços. É provável que o Alvinegro vá em busca de atletas sul-americanos, de países como Argentina e Uruguai.


Procurado pela reportagem do LANCE!, o presidente alvinegro, Carlos Eduardo Pereira, falou sobre os trabalhos de olho no futuro.

– O planejamento já começou. Estamos muito otimistas de que o Botafogo conseguirá o acesso a Série A, sem menosprezar os adversários – disse o mandatário alvinegro, destacando a importância de Gomes e Lopes para 2016.

– Considero pré-requisitos essenciais para que não haja ruídos (no planejamento). Temos de estar todos uníssonos e olhando para o futuro, também olhando para a base, para que os jovens sejam aproveitados em 2016 e também em 2017 – destacou o presidente do clube.

Carlos Eduardo Pereira explicou que o Botafogo vai aproveitar uma base já montada neste ano, porém irá em busca de mais jogadores para chegar mais forte na Primeira Divisão do Brasileiro.

– Temos uma herança muito positiva. A equipe foi bem no Campeonato Carioca e tem ido bem no Campeonato Brasileiro. Temos a base, mas a Série A precisa de reforços. Temos de suprir nossas deficiências – comentou Eduardo.

Ao todo, 24 jogadores do Botafogo têm contrato só até o fim desta temporada. O clube já iniciou algumas conversas por renovações com atletas como Navarro, Willian Arão, Renan Fonseca e Elvis. Outros atletas estão sendo avaliados.

BATE-BOLA COM O PRESIDENTE CARLOS EDUARDO PEREIRA

LANCE!Net: Muitas equipes sofrem quando voltam para a Série A do Campeonato Brasileiro. Se concretizada o retorno do Botafogo à Primeira Divisão, como o clube deve se reforçar para o próximo ano?

Carlos Eduardo Pereira: Temos de ir em busca de valores que nos permitam brigar, entrar pensando em vitórias na competição nacional. Somos o Botafogo. Não podemos entrar na Série A do Brasileiro pensando em não cair.

L!Net: Ainda falando sobre estes reforços, o Botafogo já mapeia o mercado de olho em novos nomes para a próxima temporada?

C.E.P: Estamos observando o mercado do Cone Sul, em países como Argentina e Uruguai. Temos de fazer o melhor possível e disputar as primeiras posições do campeonato, é claro. Mas também temos de respeitar o orçamento do futebol, sem cometer irresponsabilidades. Temos de observar os quatro primeiros do Campeonato Brasileiro deste ano para termos uma comparação na próxima temporada. Considero o Corinthians um time fora de série no Brasil, porque tem um elenco muito bom, com opções em quantidade e de qualidade, principalmente no meio campo.

L!Net: Pelo fato do Campeonato Brasileiro ser uma prioridade, é possível dizer que o Botafogo vai usar o Carioca como laboratório?

C.E.P: Não. A ideia é disputar o Campeonato Carioca com força máxima. Não temos outra alternativa. Qualquer tentativa de enfraquecer o Carioca prejudica os próprios clubes e também as cotas de TV. Isso é ruim para os clubes e também para os torcedores. O torcedor do Botafogo pode estar certo que vamos entrar para brigar pelo título do Campeonato Carioca.



Paulo Victor Reis - LANCENET!