quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Emprestado pelo Bota, Coritiba tenta a permanência de Henrique Almeida


Diretoria quer manutenção para mais uma temporada, mas esbarra no interesse de outros clubes despertado pela boa fase. Artilheiro diz que tem vontade de ficar




Henrique Almeida é o destaque do Coritiba
 e tem chamado atenção de outros clubes
 (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)
O Coritiba começa a se mexer para manter o artilheiro Henrique Almeida para a temporada de 2016, mas a briga deve ser tão complicada quanto a que o time enfrenta dentro do Brasileiro. Emprestado pelo Botafogo, com quem tem contrato até o final de 2016, o jogador desperta interesse e se valoriza após marcar oito gols em 11 jogos e ser um dos responsáveis por tirar a equipe da zona de rebaixamento.


Henrique Almeida pode se transformar em um bom negócio para os combalidos cofres do Botafogo, que enfrenta a Série B do Brasileiro neste ano. Apesar do técnico Ricardo Gomes ter feito vários elogios ao atleta, o interesse do clube carioca é esperar o fim do empréstimo com o Coritiba no final do ano e negociá-lo em definitivo.


Em entrevista para a jornalista Nadja Mauad,do Blog da Nadja, o presidente Rogério Bacellar disse que a vontade é manter Henrique Almeida para 2016, caso o Coritiba tenha condições de negociar. O gerente de futebol do Coritiba, Valdir Barbosa, confirmou que o clube iniciou contato com o procurador do jogador.


- A gente vai ter que tentar uma solução para esse caso. Estamos avaliando ainda como vai ser esse desenrolar e vamos ver o que podemos fazer. Há o desejo total de que ele fique conosco, é fato, disse Barbosa.


O Coritiba tem como vantagem o bom ambiente que o jogador encontrou e que o ajudou a voltar a marcar gols, além do apoio do técnico Ney Franco, que o indicou. Para Barbosa, a possibilidade de sua permanência por mais uma temporada pode ajudar o atacante a desenvolver suas características de matador.


- Ele estava veio que abandonado, e o Ney bancou, colocou para jogar e deu no que deu. Ele não faz gol por acaso, é artilheiro nato. Se ele ficar mais um ano aqui, ou até a metade do ano que vem, vai ser muito bom para ele amadurecer.


Em entrevista ao GloboEsporte.com, Henrique Almeida disse que tem se identificado com o clube, está feliz com a fase e quer ajudar o Coritiba na temporada. No entanto, lembra ele, o seu futuro está nas mãos do Botafogo.


- Tenho vontade de ficar. O Coritiba abriu as portas para mim. Tenho muito carinho pela direção e pela torcida. Só que isso não depende só de mim, pois tenho contrato com o Botafogo e eles têm que entrar em acordo. Até dezembro tenho contato, quero ficar aqui, mas não depende só de mim.


Por Monique Silva Curitiba/GE