terça-feira, 8 de setembro de 2015

Para se manter líder, Botafogo encara o Paraná em bom momento na Série B


Alvinegro tem dois pontos de vantagem sobre o segundo colocado e quer aumentar a diferença para ter tranquilidade. Já o time paranaense vem de três vitórias seguidas




Montagem do GE
Depois de cinco rodadas longe da primeira colocação, o Botafogo recuperou a ponta e quer agarrá-la, sem largar, até o fim da competição. Por isso, precisa e quer mais uma vitória nesta terça-feira, para aumentar ainda mais a diferença dos demais adversários e manter a tranquilidade. O rival, porém, promete trazer dificuldade, apesar de os números na história mostrarem o contrário. O Paraná vem de três vitórias seguidas na competição e, ao se distanciar do Z-4, começa a sonhar com a parte de cima da tabela. No entanto, não vence o Alvinegro há 10 anos e, nos últimos oito confrontos, a equipe carioca venceu seis e empatou dois. Os times medem forças às 19h (de Brasília) desta terça-feira, no Estádio Nilton Santos.

O Botafogo conquistou seis pontos nas últimas duas partidas. A primeira, com uma goleada. A segunda, com emoção e gol na superação, no minuto final. Apesar de não ter mostrado nos treinos o time que entrará em campo, a tendência é que Ricardo Gomes mantenha a mesma formação dos últimos confrontos, apostando no entrosamento e no bom momento dos atletas que vêm atuando.


Embalado com três vitórias seguidas, o Paraná deixou o risco da zona de rebaixamento para trás e passou a ver o G-4 mais de perto. Mesmo na 10ª posição, apenas seis pontos separam o Tricolor do Vitória, quarto colocado. Com isso, o time paranista quer surpreender o líder para ficar ainda mais perto da zona de acesso.


Francisco Carlos do Nascimento (AL) apita o jogo, auxiliado por Pedro Jorge Santos (AL) e Esdras Mariano de Lima (AL). O SporTV transmite o jogo para todo o Brasil, menos para o Estado do RJ. O Premiere mostra em todo país. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos.





Botafogo: com pouco tempo disponível para treinar e recuperar os jogadores, Ricardo Gomes não indicou, no treino desta segunda-feira, qual time irá a campo contra o Paraná. Porém, a tendência é que se mantenha a equipe que venceu o Vitória no sábado, com Elvis substituindo o suspenso Fernandes. Assim, a formação deve ter: Helton Leite; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Giaretta; Serginho, Willian Arão, Elvis, Tomas e Lulinha; Navarro.


Paraná: O técnico Fernando Diniz não poderá contar com o zagueiro Luiz Felipe e com o atacante Henrique, ambos suspensos. A vaga na defesa está entre Léo Coelho, zagueiro, e o volante Anderson Uchôa, que já foi improvisado na função contra o Boa Esporte. No ataque, Carlinhos aparece como a principal opção, embora o treinador também admite estudar a entrada de Gabriel Leite, meia-atacante que veio do Palmeiras e ainda não estreou com a camisa tricolor. Com isso, o provável Paraná é Felipe Alves; Ricardinho, Anderson Uchôa (Léo Coelho), Luciano Castán e Rafael Carioca; Fernandes, Gustavo Sauer, Rafael Costa e Danielzinho; Carlinhos (Gabriel Leite) e Carlão.





Botafogo: Fernandes está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Neilton e Carleto seguem no departamento médico por lesões musculares nas coxas esquerda e direita, respectivamente.

Paraná: Luiz Felipe e Henrique (suspensos), além de Marcos, Éder e Cleiton (machucados).




Botafogo: Carleto, Diego Giaretta, Élvis, Renan Fonseca, Sassá, Serginho e Willian Arão.

Paraná: Fernandes, Fernando Viana, Rafael Costa, Rodrigo, Wendell, Yan e Zé Roberto.


Por GloboEsporte.comRio de Janeiro/GE