quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Luis Ricardo e São Paulo não chegam a acordo por dívida, e atleta deixa Bota


São Paulo queria que o lateral abrisse mão de valores devidos de luvas, o que não foi aceito pelo atleta. Com isso, ele é o 17º jogador que deixa o Botafogo





Luis Ricardo é mais um jogador que não permanece no
Botafogo em 2016 (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)
Luis Ricardo é mais um jogador campeão da Série B a não permanecer no Botafogo em 2016. Embora tudo estivesse acertado e acordado entre o lateral e o clube carioca, uma dívida do São Paulo com o jogador impediu o acerto. O Tricolor paulista devia valores em luvas ao lateral-direito e aceitaria liberá-lo por completo ao Botafogo somente caso o atleta abrisse mão da quantia, o que não ocorreu. Haveria a possibilidade do Alvinegro arcar com os valores de cerca de R$ 350 mil, o que também não foi aceito por parte da diretoria.


Dessa forma, Antônio Lopes comunicou ao empresário do jogador, César Soller, no começo da tarde desta quarta-feira, que o Botafogo não contaria mais com o Luis Ricardo. Ele tem contrato até o fim de 2016 com o São Paulo. A proposta alvinegra era de dois anos de duração - até 2017, portanto. Não se trataria de um novo empréstimo, mas, sim, de uma negociação em definitivo, com o lateral rescindindo seu vínculo com o Tricolor.


A vontade do jogador era de permanecer no Rio de Janeiro, onde encontrou uma boa sequência de jogos neste ano. Diferentemente de 2014, quando entrou em campo em apenas 17 das 69 partidas do São Paulo, em 2015, pelo Glorioso, tornou-se titular absoluto com a saída de Gilberto para a Fiorentina, no começo da Série B. Jogou 39 vezes, sendo 34 como titular, e marcou dois gols, ambos pela Copa do Brasil, na vitória por 3 a 0 sobre o Capivariano e no empate em 2 a 2 com o Figueirense.


Por Jessica MelloRio de Janeiro/GE