segunda-feira, 14 de março de 2016

Carrasco rival e elogiado por Ricardo, Ribamar atribui gols a posicionamento


"Estava no lugar e momento certos", avalia atacante de 18 anos, que já marcou duas vezes diante do Fluminense e vem roubando os holofotes que eram de Luís Henrique






Marcado como carrasco da eliminação do Fluminense na Libertadores de 2013, Salgueiro estava em campo no Clássico Vovô do último domingo. Mas o experiente meia uruguaio passou em branco e viu um garoto de 18 anos querer roubar o seu posto de algoz do Tricolor: o atacante Ribamar chegou ao seu segundo gol como profissional no empate do Botafogo por 1 a 1, no Raulino de Oliveira. Curiosamente, ambos foram em cima do rival das Laranjeiras (veja no vídeo acima). O jovem, que ainda se mostra tímido para falar com a imprensa, driblou os jornalistas na saída do estádio. Mas nesta segunda-feira ele concedeu entrevista ao site oficial do Alvinegro e atribuiu a veia de artilheiro ao posicionamento.


- Fico muito feliz por poder ajudar o Botafogo com gols, ainda mais nos clássicos, que são jogos importantes. É a questão do posicionamento, não é? Estava no lugar e momento certos e pude completar para o gol. Procuro sempre estar tranquilo. A pressão sempre vai existir, independentemente de quem está do outro lado. É normal quando se joga num time grande como o Botafogo. Meus companheiros também me passam confiança, e o trabalho vai fluindo.

Ricardo Gomem cumprimenta Ribamar após o gol: atacante ganhou elogios do técnico após o jogo (Foto: André Durão)

O atacante aos poucos vai ofuscando a joia Luís Henrique, que tem 17 anos e subiu fazendo gols no ano passado e tendo grande destaque. Atualmente, o jovem é reserva, enquanto Ribamar virou titular e foi muito elogiado por Ricardo Gomes na entrevista coletiva após a partida.


- Ribamar chegou, estava o conhecendo aos poucos e foi ganhando espaço. Foi titular contra o Fluminense no primeiro jogo, é um jogador muito forte, tecnicamente bom, muito concentrado para idade dele. Isso é importante - analisou o técnico.


Com o empate, o Botafogo somou seu primeiro ponto na Taça Guanabara e é o quarto colocado do grupo ao lado do Fluminense. Nesta etapa, são jogos todos contra todos. O maior pontuador será o campeão do turno, e os quatro melhores se classificam para a semifinal do estadual.


Por GloboEsporte.com/Rio de Janeiro/GE