sexta-feira, 15 de abril de 2016

Na reserva do Inter, Alex entra na lista de desejo do Botafogo para Brasileiro


Alvinegro estuda proposta de empréstimo ao meia de 34 anos, que tem contrato até junho de 2017. Colorado já teria liberado jogador para negociar salários com cariocas




Alex é o 17º maior artilheiro do Inter com 77 gols em
 296 partidas (Foto: Alexandre Lops/Divulgação Inter)
O Botafogo definiu o seu principal alvo para o Campeonato Brasileiro: trata-se de Alex, meia de 34 anos e maior artilheiro do atual elenco do Internacional, com 77 gols. O Alvinegro ainda não apresentou proposta, mas segundo o GloboEsporte.com apurou há uma reunião na tarde desta sexta-feira no clube para estudar uma oferta de empréstimo. A ideia é dividir o salário com o próprio Colorado, que já teria aceitado liberar o jogador e seu empresário, Luis Carlini, para negociar com os cariocas. Na reserva, sendo pouco aproveitado pelo técnico Argel Fucks e com contrato até junho de 2017, o atleta vê com bons olhos uma possível saída do Beira-Rio.


Alex segue como ídolo e líder do vestiário colorado. Porém, em campo, seu prestígio parece abalado junto à direção e Argel. Após perder a titularidade, já não aparece entre as primeiras peças às quais o chefe recorre ao longo das partidas. Tal cenário o colocou em uma situação inusitada: virou moeda de troca. Recentemente, o clube o ofereceu para retirar Michel Bastos do São Paulo, mas a proposta feita diretamente pelo presidente Vitorio Piffero acabou rechaçada pelo Tricolor. No ano passado, ele viveu o mesmo cenário. Enquanto discutia a renovação de contrato, chegou a ser oferecido ao Cruzeiro. À época, o rendimento do meia tanto no Gauchão quanto na Libertadores fez o Inter prorrogar seu vínculo até julho de 2017.


Alex chegaria para formar uma dupla no meio de campo com o uruguaio Salgueiro, de 33 anos. O Botafogo já acertou com dois reforços para o Campeonato Brasileiro, incluindo um meia: Marquinho, além do atacante Anderson Aquino. Porém, a diretoria nunca escondeu que considera o atleta do Macaé como aposta e busca um mais "cascudo" para a posição no mercado - assim como para a posição de centroavante. Coincidentemente, o técnico Ricardo Gomes, por conta dos desfalques, desfez a formação com três volantes que vinha usando e confirmou a volta do 4-4-2 neste domingo, contra o Boavista. Esquema tático que poderia ser mantido com a chegada de Alex.


Dos comandados de Argel, Alex é quem mais atuou pelo Inter (296 jogos) e o principal goleador (77 gols), que o coloca como o 17º maior artilheiro da história colorada ao lado de Fernandão. Apesar disso, passa por um hiato de quase meio ano. Seu último tento foi dia 23 de agosto, no empate em 1 a 1 do com o Palmeiras pela Copa do Brasil. Com duas passagens pelo clube – de 2004 a 2009 e 2013 até hoje -, participou das conquistas da Libertadores (2006), Mundial (2006), Recopa (2007), Sul-Americana (2008) e cinco Gauchões (2004, 2005, 2008, 2014 e 2015).



Fonte: GE/Por Eduardo Deconto e Thiago Lima/Porto Alegre e Rio de Janeiro