quarta-feira, 18 de maio de 2016

Sensação do Carioca, sub-20 do Bota estreia no Brasileiro da categoria


Alvinegro recebe o Vitória, na tarde desta quarta-feira, em Caio Martins. A entrada é franca. Técnico analisa competição, e Renan Gorne acredita em boa campanha




Renan Gorne é um dos destaques do time sub-20
do Botafogo (Foto: Botafogo)
Campeão da Taça Guanabara e sensação do Campeonato Carioca, o Botafogo estreia, nesta quarta-feira, às 15h, no Brasileiro sub-20. O adversário será o Vitória, em Caio Martins. A entrada é franca.

O Botafogo está no Grupo A do torneio, ao lado de Vitória, Figueirense e Corinthians. Apenas dois avançam à próxima fase.

- Nosso foco não é tanto no adversário. O foco é na nossa forma de jogar, em ter uma boa performance e conseguir apresentar o futebol que a gente vem jogando, de maneira equilibrada, criando chances de gol e sofrendo poucos gols, que é uma característica nossa. Nessa competição, a 1ª fase só tem 4 jogos, então é muito importante começarmos com um bom resultado, porque além de pontuar, você inibe o seu adversário de somar pontos. Jogando dentro de casa a gente precisa ter um resultado satisfatório, então a margem de erro dentro do Brasileiro tem que ser quase zero para que a gente consiga passar de fase. Temos que viver fase por fase de maneiras diferentes e o nosso foco maior está nesse primeiro momento. A nossa expectativa dentro da competição é alta – analisou o técnico Eduardo Barroca.

Artilheiro do Campeonato Carioca sub-20, ao lado de Pedro, do Fluminense, com 16 gols, Renan Gorne acredita que o time tem condições de brigar pelo título e convoca a torcia alvinegra.


- O jogo vai ser muito bom. Time está bem preparado, a gente vem de bons resultados. Temos grandes condições sim de chegarmos ao título, e vamos entrar com tudo para fazermos um ótimo campeonato. Peço aos torcedores botafoguenses que nos apoiem, e é como digo: Vocês têm extrema importância para nós. Garanto que será um grande jogo e que faremos de tudo pra vencer. Contamos com vocês – disse Gorne.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Rio de Janeiro