domingo, 12 de junho de 2016

Pressionado, Bota tenta pôr a cabeça no lugar contra Vitória para sair do Z-4


Na lanterna do Brasileiro e em semana tensa pós-invasão de torcida, Ricardo trabalha lado psicológico do time e busca voltar a vencer no Raulino de Oliveira. Sidão estreia




Foi uma semana tensa para o Botafogo e sua torcida, a mais difícil de 2016 até agora. Há três jogos sem saber o que é vencer ou sequer fazer gols, o Alvinegro caiu para a lanterna do Campeonato Brasileiro e na reapresentação foi pressionado por membros de organizadas que invadiram General Severiano. A transferência dos treinos para o Cefat, em Várzea das Moças, Niterói (RJ), foi sob a alegação do estado do gramado da sede, alagado pelas chuvas. Mas serviu também para blindar o elenco e proporcionar paz. Foram quatro dias concentrados no CT, onde Ricardo Gomes teve a tranquilidade para colocar a cabeça dos jogadores no lugar e mostrar que o cenário não é tão desesperador assim.

- Tem um peso, nesse caso a gente trabalha nossa maturação. Mas não é assim, vou conversar e a gente vai melhorar. Temos poucos jogadores com bom número de jogos na Serie A, Claro que tem um peso. Não é só na conversa, é muito trabalho, psicológico, treino, vídeo... Demonstrar o seguinte: tem um preço, mas é possível fazer - avisou.

Semana foi de muito papo, concentração e isolamento em Niterói para se reerguer (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Apesar de estar em último na tabela, o Botafogo pode até mesmo sair da zona de rebaixamento nesta rodada, pois a diferença para vários concorrentes diretos é de no máximo três pontos. Como Coritiba e Sport se enfrentam e pelo menos um deles vai perder pontos, o Alvinegro precisa ganhar e torcer por tropeços de Cruzeiro e Figueirense. Para ajudar na missão, Ricardo Gomes terá as voltas de Airton, Diogo Barbosa e Luis Ricardo recuperados de problemas musculares. Sidão vai estrear no gol no lugar de Helton Leite, contestado pela torcida após os último jogos. E na frente, o técnico faz mistério.

Para não repetir mais uma semana tensa, a equipe precisa reencontrar o caminho das vitórias em Volta Redonda. A última foi no dia 24 de abril, 1 a 0 sobre o Fluminense na semifinal do Carioca. De lá para cá, perdeu dos reservas do São Paulo e do próprio rival das Laranjeiras, ambos pelo Brasileirão. Mas o histórico no Raulino de Oliveira é positivo: desde a reinauguração em 2005, são 17 vitórias, oito empates e sete derrotas no estádio, um aproveitamento de 61,4%. Já no retrospecto geral contra o Vitória, o Alvinegro pode igualar a série: por enquanto são 16 triunfos, 17 reveses e 13 empates, com 69 gols marcados para cada lado.

Provável escalação tem estreia de Sidão, voltas de Airton, Luis Ricardo e Diogo e dúvida no ataque (Foto: Arte Esporte)

Botafogo x Vitória
Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).
Data e horário: domingo, 11h (horário de Brasília)
Escalação provável: Sidão, Luis Ricardo, Emerson, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho; Anderson Aquino e Sassá (Ribamar)
Desfalques: Jefferson, Carli, Rodrigo Lindoso, Luís Henrique e Dudu Cearense
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG) apita a partida, auxiliado por Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Clayton Carvalho e Edinho)


Fonte: GE/Por GloboEsporte.comVolta Redonda, RJ