quarta-feira, 27 de julho de 2016

Pressionado, Botafogo joga por vaga e para afastar fantasma da Copa BR


Na Ilha do Governador, às 19h30, diante do Bragantino, Alvinegro tenta avançar às oitavas. No Z-4 do Brasileirão, time não quer correr riscos de novo tropeço precoce




O desafio, em tese, não é dos mais complicados. O Botafogo recebe o Bragantino, nesta quarta-feira, às 19h30, na Ilha do Governador, com a vantagem de jogar por dois resultados de empate (0 a 0 e 1 a 1) para avançar às oitavas de final do Copa do Brasil. No entanto, na zona de rebaixamento do Brasileirão, Ricardo Gomes não quer correr riscos. Até por isso a equipe deve ser formada em sua maioria por titulares, o que ainda não aconteceu nesta edição. No jogo de ida, há duas semanas, empate por 2 a 2 em Bragança Paulista.


No treino desta terça-feira, o treinador não deu pistas da escalação. Reunião da diretoria com os jogadores antes da atividade, porém, evidenciou a importância da classificação. Apesar do apoio, os dirigentes também cobraram resultados melhores. A tendência é que o Botafogo comece a partida com Sidão, Luis Ricardo (Diego), Carli, Emerson, Diogo Barbosa (Victor Luís); Airton, Rodrigo Lindoso (Fernandes), Bruno Silva e Camilo (Salgueiro); Neilton e Canales.




O retrospecto recente na Copa do Brasil preocupa e até por isso o Botafogo planeja dar atenção especial ao Bragantino. Nas últimas edições, eliminações traumáticas que desencadearam em crises marcaram o Botafogo. No ano passado, por exemplo, o Alvinegro caiu na mesma fase ao perder por 1 a 0 para o Figueirense no Nilton Santos. Curiosamente, no primeiro jogo, em Florianópolis, o placar foi de 2 a 2. A queda precoce resultou na demissão de René Simões.


A Copa do Brasil ainda é uma pedra no sapato alvinegro. Em sua melhor participação, o time carioca conseguiu o vice-campeonato em 1999, quando o título ficou com o Juventude. Boas campanhas, no entanto, são raras. Em apenas sete oportunidades o Botafogo conseguiu passar das oitavas de final. Eliminações para times considerados mais fracos são frequentes: Remo (2001), Gama (2004), Paulista (2005), Ipatinga (2006), Americano (2009), Santa Cruz (2010) e Avaí (2011).

Ricardo Gomes não deu pistas, mas time deve ser formado em sua maioria por titulares (Foto: Vitor Silva/SSPress)

Por ter empatado por 2 a 2 no primeiro jogo fora de casa, o Botafogo avança com vitória simples ou empates por 0 a 0 ou 1 a 1. Caso o placar da partida de ida se repita, a vaga será definida na disputa por pênaltis. O Bragantino se classifica com empate a partir de três gols ou vitória.


Botafogo x Bragantino 

Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e horário: quarta-feira, 19h30 (horário de Brasília)
Escalação provável: Sidão, Luis Ricardo (Diego), Carli, Emerson, Diogo Barbosa (Victor Luís); Airton, Rodrigo Lindoso (Fernandes), Bruno Silva e Camilo (Salgueiro); Neilton e Canales.
Desfalques: Jefferson, Emerson Silva, Leandrinho, Gegê, Rodrigo Pimpão e Sassá (DM); Anderson Aquino e Dudu Cearense (disputaram a Copa do Brasil por outras equipes)
Pendurados: Ninguém.
Arbitragem: Emerson Ferreira (MG) apita o jogo, auxiliado por Celso Silva (MG) e Sidmar Meurer (MG).


Fonte: GE/Por Marcelo Baltar e Thiago Lima/Rio de Janeiro