domingo, 21 de agosto de 2016

Jair elogia atuação, festeja sequência, mas prega cautela: "Longa caminhada"



Com 100% de aproveitamento, treinador diz que vitória foi fruto do trabalho ao longo da semana, elogia Sassá, mas exalta equipe: "Vitória de todos. Sempre vai ser assim"



Jair Ventura conquistou sua segunda vitória 
(Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)
Dois jogos, 100% de aproveitamento e um início inquestionável. Com Jair Ventura, o Botafogo enfim venceu duas partidas seguidas no Campeonato Brasileiro e se afastou da zona de rebaixamento. Fruto do trabalho e do empenho dos jogadores, na opinião do treinador. Após a vitória por 3 a 0 sobre o Sport, neste sábado, Jair elogiou o comprometimento do elenco.

- A vitória foi fruto do trabalho, trabalhamos bastante para isso. O Sport vinha embalado com seis jogos invictos, com quatro vitórias e dois empates. Sabíamos das dificuldades, mas fomos atrás do nosso objetivo. Conseguimos duas vitórias consecutivas, o que ate então não tínhamos conseguido. Tivemos uma semana cheia de trabalho. Foi muito bom. Os jogadores trabalharam demais. Com certeza isso facilita bastante a vida do treinador.


Jair Ventura, no entanto, tentou conter a euforia pelos últimos resultados e pregou cautela. Afinal, a situação do Botafogo - 13ª colocado, com 26 pontos -, melhorou, mas ainda incomoda.

- Treinador tem que ser chato, temos sempre que buscar o que melhorar. Não vai ser uma vitória que vai nos iludir. Foi uma vitória bacana, mas já passou. Vamos buscar novas estratégias e planos para vencer o próximo jogo. Vamos com calma. É uma longa caminhada.

Confira outros trechos da entrevista

Seu Machado
Queria dedicar essa vitória ao Seu Machado, nosso grande funcionário que perdemos hoje. Ele dedicou sua vida ao Botafogo. Foi uma morte estranhíssima (infarto). Hoje, na sua folga, ele foi ao clube às 5h da manhã para deixar tudo organizado. Isso mostra o grande funcionário que ele era. A família dele sabe que pode contar conosco.

Comissão técnica
Tenho que falar desse trabalho de bastidores. Queria agradecer todo o pessoal da análise técnica, que nos ajudou bastante. Todos que trabalham por trás, o pessoal da preparação física, mas em especial o pessoal da analise de desempenho

Sassá
É muito cedo, foram apenas dois jogos, mas fico feliz pelo Sassá, que está nos ajudando. Quando perdemos, não perdemos por um erro. Assim como, quando ganhamos, não ganhamos por um jogador. Ele está nos ajudando, mas a vitória de todos. Sempre vai ser assim

Três volantes
A gente que trabalha com performance busca também o equilíbrio. Não adianta apenas ter três atacantes... tem que estudar o jogo. Estamos conscientes que fizemos o nosso melhor. Não é porque se joga com três volantes que o time é retranqueiro. O resultado está ai para falar.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Juiz de Fora