domingo, 21 de agosto de 2016

Com a bênção de Túlio, Sassá entra na briga pela artilharia: "Faro de gols"


Ex-atacante acompanha vitória do Botafogo em Juiz de Fora, aprova dupla com Neilton e elogia camisa 9, agora vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro





Quem segura Sassá? Atravessando seu melhor momento na carreira, o atacante foi o protagonista das últimas vitórias do Botafogo e entrou na briga pela artilharia do campeonato. Com nove gols em 13 jogos, ele está a um de Gabriel Jesus, do Palmeiras. Número que o credencia a repetir o feito de Túlio Maravilha em 1995, último goleador o Brasileirão com a camisa alvinegra.


Ao lado de Donizete, Túlio prestigiou a vitória do Botafogo sobre o Sport, no sábado, em Juiz de Fora. Das cabines do Estádio Mário Helênio, o ex-atacante viu Sassá marcar dois gols e abençoou o momento do camisa 9.


- O Sassá está de parabéns. Ele tem a minha bênção e o meu aval para que possa ser artilheiro do campeonato, como aconteceu comigo há 20 anos. O Sassá vinha de uma contusão e reencontrou seu melhor futebol. Ele tem características parecidas com as do Donizete. É um cara forte, que cai bem pelos dois lados e está com faro de gols - elogiou Túlio.


Túlio prestigiou o Botafogo em Juiz de Fora e elogiou Sassá (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)


Inspirado pela presença de Donizete - seu parceiro de ataque no título brasileiro de 1995 -, Túlio também elogiou Neilton e apostou no sucesso da dupla com Sassá para sequência do Brasileiro.


- O Botafogo está bem servido de atacantes. O Neilton já estava bem e, com a chegada do Sassá, veio a ter mais uma referência no ataque. Estou apostando muito nessa dupla Sassá e Neilton. A cada jogo eles estão se entrosando mais e estão conseguindo os gols que estavam faltando no início do campeonato.


Empolgado com a atuação contra o Sport, Túlio já vislumbra algo maior para o Botafogo no Campeonato Brasileiro e sonha com o G-4.


- Quem sabe com essa dupla também possa colocar o Botafogo na briga por uma Libertadores? Porque não? Nada é impossível. Temos que fugir de vez desse fantasma do rebaixamento porque o Botafogo é um time grande e tem que brigar por títulos todos os anos.


Com 26 pontos, o Botafogo ocupa a 13ª colocação. O time volta a campo no dia 29, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Fonte: GE/Por Marcelo BaltarRio de Janeiro