segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Airton vira a 10ª suspensão do Bota na Série A: cartões por queixa preocupam


Volante e Carli perderam a cabeça e foram punidos por reclamação na última rodada; time já ultrapassou 100 amarelos em 2016 e tem média de dois por jogo no Brasileiro




Mais doloroso do que ter perdido Airton, em grande fase, por suspensão para a partida contra o Corinthians foi a forma como a punição aconteceu. Não foi por falta, cera, jogada perigosa... E sim por reclamação. Não só o volante, como Carli também recebeu cartão porque bateu-boca com o árbitro Luiz Flavio de Oliveira, da federação paulista, durante a derrota por 1 a 0 para o América-MG no último sábado, no Independência, em Belo Horizonte. O Botafogo chega a 10 jogadores suspensos no Campeonato Brasileiro por acúmulo de amarelos e internamente começa a mostrar preocupação com este tipo de advertência.


Airton ainda é um dos campeões de cartão
 em 2016, mas não voltou a ser expulso
 como acontecia nos últimos anos
(Foto: Márcio Alves / Agência O Globo)
A preocupação maior é com os gringos devido ao fato de estarem acostumados com outro estilo de arbitragem. Carli, por exemplo, que vem sendo o capitão alvinegro, não tem sabido dialogar com os árbitros brasileiros e acaba tomando muitos amarelos. O argentino é o terceiro jogador do elenco que mais recebeu cartões na temporada: já foram 10. Entre os demais estrangeiros, o uruguaio Salgueiro tem três advertências, o argentino Gervásio "Yaca" Núñez, duas, e o chileno Canales, uma – Lizio é a exceção à regra, mas o boliviano praticamente não entrou em campo. A comissão técnica tenta conscientizá-los dos cuidados diante dos juízes.


Ao todo, o Botafogo já ultrapassou a marca dos 100 cartões nesta temporada: até o momento são três vermelhos e 120 amarelos, sendo 57 deles no Brasileiro, onde tem média aproximada de dois por rodada. Os campeões de punições no Botafogo são também os recordistas de suspensões do elenco: Bruno Silva e Airton. O primeiro já foi advertido 20 vezes em 2016 e desfalcou a equipe em três partidas da Série A, enquanto o segundo acumula 13 advertências e duas automáticas. Por fazerem o combate direto no meio de campo, os volantes naturalmente cometem mais faltas e ficam mais sujeitos a cartões, mas não por reclamação.


Sem Airton, o Botafogo volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Corinthians, às 16h30 (de Brasília), na Arena, com mais seis jogadores pendurados: Sidão, Pimpão, Aquino e Renan Fonseca, além de Sassá e Fernandes, que tentam se recuperar a tempo de lesão para ficar à disposição do técnico Jair Ventura. Com 38 pontos, o Alvinegro é o 10º colocado do Brasileiro.


Confira todas as suspensões do Bota no Brasileirão:

1ª (14ª rodada): Bruno Silva;
2ª (16ª rodada): Airton;
3ª (21ª rodada): Bruno Silva;
4ª (19ª rodada): Diogo Barbosa
5ª (19ª rodada): Leandrinho;
6ª (23ª rodada): Emerson Santos;
7ª (25ª rodada): Carli;
8ª (26ª rodada): Bruno Silva;
9ª (27ª rodada): Victor Luis;
10ª (28ª rodada): Airton.


Fonte: GE/Por Thiago Lima/Rio de Janeiro