domingo, 25 de setembro de 2016

Maldição da camisa cinza? Botafogo perdeu todas com terceiro uniforme


Com novo modelo, Alvinegro foi derrotado por Atlético-PR, Atlético-MG e América-MG




Para bom botafoguense, meia superstição basta, não é verdade? E foi só o Botafogo perder do América-MG, lanterna do Campeonato Brasileiro, para os torcedores mais supersticiosos usarem as redes sociais para reclamar de o time ter jogado com o terceiro uniforme. Vá lá, por mais que não exista lógica na argumentação de que não dá sorte, de fato há uma coincidência: desde que trocou de fornecedor esportivo e lançou suas novas camisas, o Alvinegro saiu derrotado nas três vezes em que jogou de cinza: além do 1 a 0 para o América-MG, antes levou 1 a 0 do Atlético-PR e 5 a 3 do Atlético-MG, todas as partidas pela competição nacional.

Nova camisa cinza do Botafogo só conheceu derrotas até o momento nesta temporada (Foto: Arte Esporte)

Há quem se recorde de um vexame também envolvendo a cor na camisa: em 2010, ao estrear seu novo uniforme cinza e preto, o Botafogo de Jefferson, Loco Abreu e companhia foi goleado por 6 a 0 para o Vasco pelo Campeonato Carioca. E logo o traje ficou marcado. Depois disso, a camiseta cinza chegou a ser substituída pela branca e continuou até o fim da administração Maurício Assumpção. Mas ela voltou no ano passado, já no primeiro mandato de Carlos Eduardo Pereira, um dos críticos do uniforme predominantemente branco.


– Um time que joga todo de branco é o Santos, o São Cristóvão, não o Botafogo. O protocolo de fusão de Clube de Regatas Botafogo e o Botafogo Futebol Clube determina que as cores do Botafogo de Futebol e Regatas são preto e branco, e não o contrário. A ênfase do futebol é no preto, isso é histórico. Então escolhemos o terceiro uniforme em tom de cinza – argumentou CEP na época do lançamento dos últimos uniformes da Puma, antiga fornecedora do clube.

Camisa cinza e preta de 2010 ficou marcada na estreia por vexame em goleada para o Vasco (Foto: Agência/Estado)

Para alguns torcedores, o cinza não representa o Botafogo, mas o estatuto do clube prevê a cor como uma das possíveis para ser aplicadas nos uniformes alvinegros. Confira no trecho abaixo:


"Atendendo a requisitos de ordem técnica ou para evitar conflito visual, poderão ser usadas, pela ordem, a camisa preta, a camisa branca, com gola e punhos pretos, ou inteiramente cinza, mantido o posicionamento do distintivo do BOTAFOGO na forma neste item prevista".


No ranking dos novos uniformes da Topper, o tradicional alvinegro é quem mais foi utilizado e venceu: são 12 vitórias com ele, quatro empates e oito derrotas entre Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. A segunda camisa, que também leva um tom de cinza, só que mais escuro, junto com o preto, acumula um triunfo, duas igualdades no placar e dois reveses.


Fonte: GE/Por Thiago Lima/Belo Horizonte