segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Helton Leite ou Gatito? Fartura de goleiros contrasta com drama de 2007


Com dupla em alta, disputa pela camisa 1 do Botafogo - enquanto Jefferson não volta -, está acirrada. Há uma década clube vivia situação bem diferente debaixo das traves



A classificação contra o Olimpia em Assunção abriu novamente o debate. Afinal, quem deve ser o titular do gol do Botafogo? Enquanto Jefferson se recupera de uma lesão no braço esquerdo, Helton Leite e Gatito se alternam debaixo das traves. Fartura? Situação bem diferente da de uma década atrás.

Hoje, somente Jair Ventura pode responder quem é o camisa 1 do Botafogo. Gatito foi contratado para ser titular, perdeu a posição para Helton Leite, que foi bem, mas se lesionou e abriu brecha para o paraguaio brilhar em Assunção. Com três defesas de pênaltis, Gatito voltou como herói do Paraguai. Como Jefferson só deve retornar no Campeonato Brasileiro, a disputa está aberta. 

Helton Leite e Gatito. Ambos foram bem contra o Olimpia (Fotos:Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Situação bem diferente da de dez anos atrás. Em 2007, o Botafogo formou um bom time, liderou por várias rodadas o Campeonato Brasileiro, mas pecou pela de segurança embaixo das traves. Foram quatro tentativas de goleiros. Nenhuma vingou.


Relembre os goleiros do Botafogo em 2007

Max foi uma das tentativas do Botafogo em 2007
(Foto: Agência O Globo)
Max - Falhou na Copa Sul-Americana, na derrota para o River Plate, em Buenos Aires por 4 a 2. O resultado eliminou o time carioca na Copa Sul-Americana. No Brasileiro, falhou até mesmo numa cobrança de pênalti - contra o Náutico em Recife.

Roger - começou a jogar logo depois da derrota para o River Plate, mas também não passou confiança. Quando contratado, havia a suspeita de uma lesão no ombro. Roger ficou muito tempo no departamento médico. Quando jogou, não foi bem.

Julio César - Hoje no Fluminense, era visto como promessa do clube e variava atuações. Grandes defesas e falhas. Falhou no gol de Cleiton Xavier na Copa do Brasil de 2007, no Maracanã - partida que ficou marcada pelo erro da auxiliar Ana Paula de Oliveira. Também falhou feio num gol do Náutico (no Maracanã) no Brasileirão daquele ano.

Marcos Leandro - foi contratado às pressas junto ao Olaria durante o Brasileiro em meio à crise dos goleiros do Botafogo. A estreia foi justamente no jogo que valia a liderança da competição, contra o São Paulo, no Maracanã. O Botafogo perdeu, e ele falhou no gol da equipe paulista. Depois teve raras chances. Era um nome totalmente desconhecido na ocasião.


Fonte: GE/Por GloboEsporte.com/Rio de Janeiro