terça-feira, 11 de abril de 2017

1º brasileiro em Medellín pós-tragédia da Chape, Bota chega após 9h de viagem


Alvinegro desembarca no Aeroporto José María Córdova cinco meses depois do maior acidente aéreo da história do esporte e enfrenta o Atlético Nacional nesta quinta






A viagem foi longa, mas após pouco mais de nove horas o Botafogo chegou a Medellín como o primeiro time brasileiro na cidade colombiana após a tragédia com o avião da Chapecoense, em novembro do ano passado. Os jogadores saíram do Rio de Janeiro às 8h27 desta terça-feira, fizeram escala na capital Bogotá e aterrissaram no Aeroporto Internacional José María Córdova às 17h36 (de Brasília) e 15h36 no horário local. O Alvinegro enfrentará o próprio Atlético Nacional, que seria o adversário da Chape na final da última Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, cinco meses após o maior acidente aéreo do esporte.


Ônibus que buscou o Botafogo no aeroporto e levou para o hotel chamou atenção (Foto: Felippe Costa)


Pimpão registrou o momento da chegada do Botafogo a
Medellín (Foto: Reprodução)
O Botafogo foi recebido pela imprensa colombiana, curiosa sobre a equipe, e seguiu para o hotel em um ônibus mais parecido com um trio elétrico na frente por causa da chamativa iluminação – o veículo chamou a atenção dos jogadores, jornalistas e torcedores brasileiros presentes, mas é comum no país. Artilheiro do time de Jair Ventura na temporada ao lado de Roger e Sassá, com cinco gols, Pimpão registrou os momentos da viagem e foi quem falou no desembarque.


– O Nacional perdeu muitos jogadores, mas se manteve forte. Vamos estudar o time para chegarmos bem na quinta.O Botafogo faz ainda nesta terça um trabalho na academia do hotel, e na tarde desta quarta realiza o treino de reconhecimento no Estádio Atanasio Girardot, local da partida contra o Atlético Nacional às 21h45 (de Brasília) de quinta-feira. Confira a lista dos relacionados abaixo:


Goleiros: Gatito Fernández, Helton Leite e Saulo
Laterais: Gilson e Victor Luís
Zagueiros: Carli, Emerson Santos, Emerson Silva e Igor Rabello
Volantes: Bruno Silva, Dudu Cearense, Fernandes, João Paulo e Rodrigo Lindoso
Meias: Camilo e Leandrinho
Atacantes: Guilherme, Rodrigo Pimpão, Roger e Sassá







Fonte: GE/Por Felippe Costa, Medellín