domingo, 2 de julho de 2017

Jair vê mistão valente e não se arrepende: "Não queria correr risco de perder jogador"


Técnico do Botafogo elogia atuação em derrota magra para o líder Corinthians, lamenta gol sofrido "na marra", minimiza sequência de três derrotas sob seu comando e vira chave para Libertadores




Melhores momentos de Corinthians 1 x 0 Botafogo pela 11ª rodada do Brasileirão


Após o 1 a 0 chorado para o Corinthians na tarde deste domingo, em São Paulo (veja os molhores momentos no vídeo acima), o Botafogo acumulou a terceira derrota seguida, sequência que acontece pela primeira vez sob o comando de Jair Ventura. Porém, nada que tire o sono do treinador, que minimizou a série negativa alegando ser por três competições diferentes, classificou a atuação do time misto como valente e não se arrepende de ter poupado jogadores para Libertadores.


- Eu não queria correr o risco de perder jogadores que são muito importantes para nós. Vimos os indicadores e conversei muito com a nossa fisiologia. Seguramos os que tinham o risco de ter alguma lesão. (...) Perder nunca é bom, principalmente três derrotas. Mas o jogo contra o Atlético-MG (Copa do Brasil) ainda não acabou. Estamos em três competições. Trabalhamos demais para estarmos nessas três competições. Poucas equipes estão em todas como o Botafogo. Então ainda dá para reverter a situação em todas delas, porque temos chances em todos delas ainda. As três derrotas incomodam pelo nosso espírito de competitividade, nossa equipe é muito competitiva, mas acho que teremos coisas boas pela frente - afirmou.



Jair Ventura não se arrependeu de time misto e elogiou atuação (Foto: Marcos Ribolli)


Estacionado com 15 pontos, o Botafogo caiu mais duas posições na tabela e virou o nono colocado do Campeonato Brasileiro. A equipe retorna ao Rio de Janeiro ainda neste domingo e se reapresenta na tarde desta segunda-feira, no Nilton Santos. O próximo compromisso é o Nacional-URU, em Montevidéu, pelo jogo de ida das oitavas de final.


Confira outros trechos da coletiva:


O JOGO

O jogo mais ou menos no primeiro tempo para as duas equipes. Lógico que o Corinthians teve mais posse de bola. No segundo tempo, o Corinthians foi muito forte, aqui dentro ele é muito forte, foi superior e acabou merecendo a vitória. Apesar de o gol ter sido na marra, no bate-rebate, mas isso é coisa de futebol. Não é a toa que é o líder. Parabéns pela vitória. Agora vamos virar a chave pela Libertadores. Nosso time está de parabéns. Mesmo com tantos meninos e tantos desfalques, foi valente e lutou. Não merecemos a vitória, longe disso. O Corinthians foi superior, principalmente no segundo tempo, foi merecedor da vitória.


ESTREIA DE MARCOS VINÍCIUS

Muito tempo sem jogar, mas precisamos dele. Errou uma bola quando entrou, mas depois deu dois ou três bons passes. Vai ajudar. Ele requer ainda um tempo para ganhar ritmo de jogo, mas vejo o Marcos com um potencial muito grande para ajudar o Botafogo.



Jair Ventura evitou lamentar na coletiva e focou na Libertadores (Foto: David Abramvezt)


LIBERTADORES
Não dá para treinar, não dá para fazer nada. A gente já viaja terça-feira de novo. Tem que descansar e colocar a perna deles para o alto. O trabalho da fisiologia será importantíssimo para recuperarmos. Conseguimos poupar alguns jogadores. Poupamos cinco atletas para conseguirmos fazer um grande jogo contra o Nacional-URU, que será uma partida muito difícil.


MATHEUS FERNANDES VOLTA?

Espero que sim.


Fonte: GE/Por David Abramvezt, São Paulo