sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Presidente do Botafogo ouve de Eduardo Paes que Engenhão será entregue no início de 2015, e time deve jogar Estadual no estádio




O Engenhão em obras para reforma da cobertura
O Engenhão em obras para reforma da cobertura Foto: Ivo Gonzalez / 09.10.14



Em meio às más notícias que surgem no Botafogo, o novo presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira, encontrou uma razão para celebrar. Após reunião com o prefeito Eduardo Paes, o dirigente ouviu a confirmação de que o Engenhão será entregue no início de 2015. Com isso, o Botafogo poderá jogar o Estadual no estádio.

— Foi muito positivo esse encontro. Ouvi do prefeito que o retorno do Engenhão está sacramentado para o começo do ano que vem. Não sabemos ainda a data certa, mas estamos apenas aguardando as empresas responsáveis pela reforma liberarem — comemorou Carlos Eduardo.

O Botafogo inicia o Estadual no dia 1º de fevereiro, contra o Boavista. O dirigente não soube dizer se a estreia já será no Engenhão. Mas confirmou que o clube irá disputar o torneio no estádio.

— Esse é o desejo tanto do prefeito quanto nosso. Estamos dependendo apenas da liberação das empresas. Mas depois dessa conversa e do retorno que tivemos do prefeito já vamos nos preparar para jogar o Estadual no Engenhão.

O Engenhão foi fechado em março de 2013 apos relatórios de engenharia apontarem risco de queda das coberturas em caso de ventos fortes. O último jogo foi em 23 de março de 2013, um empate em 0 a 0 entre Flamengo e Boavista. O Alvinegro se tornou órfão de um local para jogar até a reabertura do Maracanã.

O presidente alvinegro aproveitou o encontro para estreitar o relacionamento do clube com a prefeitura. O dirigente sonha receber uma compensação pelos custos arcados pelo clube com manutenção durante o período do fechamento. E saiu de lá animado.

— Ele deixou as portas abertas para propostas. Vamos apresentar ideias que estamos desenvolvendo em uma nova oportunidade — finalizou Carlos Eduardo.


Rafael Oliveira/http://extra.globo.com