sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Amistoso do Botafogo, no Engenhão, será realizado com portões fechados


Clube encara Shandong Luneng sem torcida em função de obras no estádio. Diretoria quer postergar data de jogo contra o Boavista, pelo Carioca, para poder atuar no local




Obras no local terminam dia 31 de janeiro (Foto: Philippe Matta)
O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, reuniu-se, nesta sexta-feira, com representantes da Prefeitura. Em pauta, o Engenhão. A reabertura do estádio está mantida para o próximo dia 24, quando o Alvinegro enfrenta o Shandong Luneng, da China. Entretanto, por medida de segurança, a partida será realizada com os portões fechados.

As obras ao redor e dentro do estádio só deverão ficar prontas no dia 31, portanto, o público não poderá comparecer ao amistoso contra equipe chinesa.

- Por conta dessa situação, achamos melhor realizar esse amistoso com portões fechados até para preservar a integridade de todos. O entorno estará com muito entulho, a obra estará acontecendo... Não tem condições de receber público. É arriscado - disse o presidente alvinegro que, nos próximos dias, vai acompanhar a vistoria do Corpo de Bombeiros e do Gepe no estádio.

A situação do Engenhão reflete ainda no Campeonato Carioca. O Botafogo já solicitou à Ferj a transferência da partida contra o Boavista, programada para 31 de janeiro, para o dia 1º de fevereiro, data em que a obra estará finalizada.




O clube não recebeu o retorno da Federação, porém, trabalha com outras duas opções.

- Volta Redonda e Moça Bonita são alternativas viáveis - declarou o presidente do Glorioso.

Na manhã de quinta-feira, o estádio foi atingido por um incêndio em parte de sua cobertura, atingindo os setores Sul e Oeste. As chamas foram controladas e ninguém se feriu.

Por Gustavo Rotstein Rio de Janeiro/GE