quarta-feira, 25 de março de 2015

Após pênalti bizarro, Bill assume culpa por empate e aceita vaias no Bota



Vitor Silva / SSPress

Acostumado a sair de campo como herói da partida, Bill sentiu pela primeira vez no Botafogo o gosto de ser o grande vilão. Ele teve a chance de dar a vitória á equipe aos 43min do segundo tempo, mas perdeu pênalti de maneira bizarra e foi vaiado pela torcida. O atacante não se escondeu, assumiu a culpa pelo resultado e disse que a reação dos alvinegros é compreensível.

O detalhe ficou na forma como Bill cobrou a penalidade. O atacante foi muito lentamente em direção à bola até efetuar a cobrança nas mãos do goleiro do Barra Mansa. Ele ainda teve outra oportunidades nos segundos finais, mas vacilou novamente e acabou vaiado pelos torcedores.

"A responsabilidade toda minha. Deixei a desejar. A torcida está certa em me vaiar hoje. Mas fico triste. Estava bem na partida, na minha opinião. Não fiz dois lances seguidos que foram decisivos para o resultado", disse Bill.

E de fato o atacante teve atuação regular no retorno ao time após se recuperar de lesão. O atacante, no entanto, falhou nos momentos decisivos e e viu a torcida se virar contra ele. Na última terça, o jogador concedeu entrevista e prometeu balançar as redes, o que não ocorreu.

Com o empate sobre o Barra Mansa, o Botafogo chegou aos 29 pontos e poderá perder a liderança do Carioca, basta o Flamengo vença o Bangu por dois gols de diferença nesta quarta, no Maracanã. O Alvinegro encara o Vasco no domingo e encerra sua participação encarando os destaques entre os pequenos: Madureira e Macaé.

Do UOL, no Rio de Janeiro