sexta-feira, 3 de abril de 2015

Com lesão no joelho, Jefferson para por dois jogos e pode fazer cirurgia


Médico do Botafogo veta goleiro nas rodadas finais da Taça Guanabara e deixa em aberto possibilidade de jogador passar por artroscopia. Renan deve ser o substituto





Jefferson sentiu o joelho no treino de terça e jogou
no dia seguinte "no sacrifício" (Foto: Marcelo Baltar)
Jefferson vai desfalcar o Botafogo nas rodadas finais da Taça Guanabara, contra Madureira e Macaé. O goleiro, que revelou ter jogado no sacrifício na última quarta-feira contra o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil, está com uma lesão no joelho direito, sequer treinou com o elenco alvinegro nesta sexta-feira, e há ainda a possibilidade de ter que passar por uma artroscopia, segundo informou o médico do clube Luiz Fernando Medeiros. Por enquanto, ele preferiu não dar prazo para a volta do capitão caso o procedimento cirúrgico seja necessário, mas geralmente o período de recuperação para este tipo de operação é em torno de 40 dias. Sem o camisa 1, Renan deve voltar a ganhar chance como titular após mostrar serviço contra Cabofriense, Barra Mansa e Vasco. O time de René Simões joga por uma vitória neste domingo para garantir matematicamente uma vaga na semifinal do Campeonato Carioca.

Jefferson encarou uma verdadeira maratona para estar em campo na estreia do Botafogo na Copa do Brasil. No domingo, defendeu a Seleção em Londres, contra o Chile, e viajou para o Brasil no mesmo dia. A chegada foi em São Paulo, de onde o goleiro seguiu para o Rio de Janeiro. Poucas horas depois, ele se juntou à delegação alvinegra e embarcou para João Pessoa. Apesar da autorização de René para permanecer no Rio, o camisa 1 foi para o sacrifício e decidiu viajar com o grupo. O cansaço foi um preço, e ele sentiu o joelho no treino de terça.

- Joguei no sacrifício. Meu joelho está doendo bastante, mas eu fiz questão de estar em campo pelo Botafogo - revelou o goleiro, na saída de campo após o empate por 2 a 2 com o Botafogo-PB.

Além de Jefferson, o Alvinegro também não terá Gegê, Rodrigo Pimpão e Diego Jardel contra o Madureira. Com problemas musculares, o trio de junta no departamento médico a Roger Carvalho, que deve seguir fora do time até o fim do estadual. Se recuperando de dores lombares, Marcelo Mattos ainda vai ser reavaliado. Já Sassá e Alisson estão liberados para jogarem neste domingo.

Por Sofia MirandaRio de Janeiro/GE