terça-feira, 12 de maio de 2015

Botafogo vence Vitória na Bahia e fica perto do título da Copa do Brasil sub-17


Com 100% fora de casa, Alvinegro faz 3 a 1 no Barradão e pode até perder por 2 a 0 na próxima terça-feira para ser campeão. Artilheiro Luis Henrique marca seu 13º gol



O Botafogo manteve os 100% de aproveitamento como visitante e está muito perto do título da Copa do Brasil sub-17. Após superar Atlético-PR, Grêmio, Fluminense e América-MG fora de casa ao longo da competição, o Alvinegro fez do Vitória a vítima da vez ao vencer por 3 a 1 no Barradão na noite desta terça-feira, diante de 1.199 torcedores (público pagante). Luiz Henrique, artilheiro do torneio com 13 gols em nove jogos, Wenderson e Gabriel, que entrou no segundo tempo, marcaram a favor dos cariocas, enquanto Yan descontou para os baianos. Os clubes voltam a se enfrentar na próxima terça, às 16h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos. O time do técnico Felipe Conceição poderá até perder por 2 a 0 para ser campeão. A equipe dirigida por João Batista Burse terá a árdua tarefa de ganhar por três de diferença, ou por dois, desde que com placar igual ou superior a 4 a 2. Se devolver o 3 a 1 no Rio, a decisão vai para os pênaltis.

Time sub-17 do Bota venceu todos os jogos que disputou fora de casa na Copa do Brasil (Foto: Divulgação / Instagram)
Explorando os contra-ataques, o Botafogo começou a construir o placar logo com 15 minutos de jogo com Luis Henrique. O artilheiro invadiu a área na velocidade e bateu na saída de Jonh. Sete minutos depois, o Vitória chegou a empatar o duelo de pênalti sofrido e convertido por Yan. E poderia ter virado, não fosse por um gol mal anulado pelo árbitro Gleidson Santos Oliveira, que marcou impedimento inexistente do Rubro-Negro. No segundo tempo, foi a vez do goleiro errar numa saída, trombar com o companheiro e deixar o gol aberto para Wenderson recolocar o Alvinegro à frente, aos 14. Os cariocas ainda tiveram Amilcar expulso pelo segundo cartão amarelo e precisaram segurar a pressão nos últimos 20 minutos com um jogador a menos. Mas fizeram mais do que isso: ampliaram aos 44 numa linda jogada de Gabriel, que passou por dois marcadores e tocou entre as pernas de John para fechar o marcador.

Escalações:

Vitória: Jonh; Cedrick, Rangerson, Gabriel e Padilha; Herbert, Luciano, Farinha e Yan; Potó e Eron.

Botafogo: Diego; Lucas Cesar, Luca, Zyan e Fernando; Marlon, Ion, Mateus Jorge e Wenderson; Luis Enrique e Amilcar.

Por GloboEsporte.com Salvador/GE