terça-feira, 7 de julho de 2015

Homem de Ferro! Renan Fonseca conta o que faz para não desfalcar o Botafogo


Zagueiro é o jogador que mais atuou pelo Alvinegro na temporada, com 32 partidas



Renan Fonseca é o jogador que mais atuou
pelo Botafogo em 2015 (Foto: Paulo Sérgio)
Nascido em Ouro Fino, pequena cidade de Minas Gerais com pouco mais de 30 mil habitantes, o zagueiro Renan Fonseca chegou ao Botafogo no tradicional estilo "come quieto" dos mineiros. Despercebido num primeiro momento, não demorou a conquistar René Simões e foi titular no último treino da pré-temporada, realizada em Várzea das Moças, em Niterói. Desde então, não largou mais a vaga. Com 32 jogos na temporada, é quem mais atuou pelo Botafogo. E o verdadeiro homem de ferro alvinegro estará em campo mais uma vez nesta terça-feira, contra o Ceará, às 21h50, no Castelão, em partida que terá transmissão em tempo real pelo site do LANCE!.

Renan só deixou a equipe em duas oportunidades, justamente nas partidas contra o Capivariano, pela segunda fase da Copa do Brasil, quando René lançou mão de um time reserva para poupar os titulares que estavam na reta final do Estadual. Sem lesões na temporada e com apenas dois cartões amarelos recebidos – ambos no Carioca, contra Volta Redonda e Vasco – o defensor deu a dica para não perder a vaga no time titular do Glorioso.

– Nos dois últimos anos joguei cerca de cem partidas. Sempre procuro me cuidar fora do campo. Tenho que me alimentar, me cuidar... E o Botafogo oferece uma condição boa para isso. Não tive lesão muscular e me preparo para isso. Já dentro de campo, procuro estar bem posicionado, pois a bola pode chegar espirrada e você estar exposto aos atacantes, levando cartões. Até agora vem dando tudo certo – afirmou Renan, em entrevista ao L!.

Caso mantenha a sequência e o Botafogo avance até as fases decisivas da Copa do Brasil, Renan pode até ultrapassar a marca do ano passado, quando participou de 62 compromissos com a camisa do Santa Cruz. E para ele, um dos responsáveis pela boa fase é René Simões, que confiou nele desde o início:

– Estou aqui graças a ele, que me deu uma chance e confiança. Na minha estreia ele me disse para aproveitar a oportunidade de jogar num time grande. Por isso, sempre vou no meu limite, senão vem outro zagueiro e passa por cima.

Amigo de Evair, Renan pegou dicas com ex-atacante

A cidade de Ouro Fino também revelou outro jogador de futebol, que marcou época com gols e títulos, principalmente por Palmeiras e Vasco. O atacante Evair, nascido no distrito de Crisólia, na cidade mineira, até hoje mantém um sítio na região e tem contato com Renan Fonseca desde o início da carreira do zagueiro, que revelou pegar dicas e conselhos com o vitorioso ex-jogador.

– Ele tem um sítio lá, com um campinho que rolavam algumas brincadeiras nas férias. Eu ia e brincava, observava ele, que é uma grande referência. Agora, o tempo passou e eu jogo e ele fica olhando. É um cara bacana e bem tranquilo. Ele me dá alguns conselhos e trocamos informações. É muito experiente e já foi ídolo nacional. É uma referência para mim – disse Renan.

Fechando a porteira!

"Toda vez que eu viajava pela estrada de Ouro Fino...". A música "O Menino da Porteira", que ficou famosa na voz do cantor Sérgio Reis, tornou a cidade do interior de Minas Gerais conhecida nacionalmente. E, em 2001, uma estátua de dez metros de altura com o tal menino, recepciona os visitantes.

Descontraído, Renan falou que vai procurar manter a porteira do Botafogo sempre fechada, com a ajuda de toda a defesa.

– Por ser da terra dele, vou procurar manter a porteira sempre fechada (risos). Quanto menos gols sofremos, é melhor – brincou Renan.


Luiz Gustavo Moreira -LANCENET!