terça-feira, 14 de julho de 2015

René admite jogar "com regulamento debaixo do braço" contra o Figueira


Depois de ficar no 2 a 2 jogo de ida da Copa do Brasil, Alvinegro pode até empatar nesta terça, no Engenhão: "Tem que jogar de acordo", diz o técnico




René quer jogadores calmos contra o Figueira
(Foto: Vitor Silva / SSPress)
René Simões é um técnico que gosta de lançar mão de todas as ferramentas que o seu time possui. Mesmo que elas estejam "fora" do campo de jogo. O exemplo claro é a vantagem do Botafogo nesta terça-feira contra o Figueirense, no Engenhão, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Como empatou o primeiro duelo em 2 a 2, em Santa Catarina, o Alvinegro pode até empatar por 0 a 0 e 1 a 1 que ainda sai classificado.

Fugindo do lugar comum, René Simões entende que em competições com formato de mata-mata, exemplo da Copa do Brasil, é preciso jogar de acordo com o regulamento e entrar em campo com ele "debaixo do braço". Tudo isso sem constrangimento.

- Depende muito da competição. Jogo de mata-mata você sempre tem que jogar com o regulamento debaixo do braço. É claro que você tem que jogar de acordo. Mas também é muito difícil, com as características do Botafogo, empatar. A gente empata por casualidade. É ter calma. Esse jogo contra o Figueirense vai ser muito duro. O Argel (Fucks) coloca uma equipe muito guerreira dentro de campo. Vai ser difícil, mas muito gostoso - analisou René Simões.

Vivendo a primeira oscilação na Série B depois de dois jogos consecutivos sem vencer - com um empate e uma derrota -, o técnico também comemorou a oportunidade de "esquecer" o Brasileirão momentaneamente. Para explicar os benefícios de mudar de competição dentro da temporada, o técnico utilizou mais uma de suas famosas metáforas, desta vez utilizando a profissão de jornalista como exemplo.

- Isso é um exercício muito ​b​om​ (mudar momentaneamente de competição)​. ​É​ fantástico. É como se​ você, jornalista esportivo,​ de repente tivesse que comentar um desfile de modas e​ ainda​ escrever sobre isso. É mudar completamente de ares. Isso é um exercício bom para mente do jogador. Não vejo algo ruim não, vejo como uma coisa boa​ -disse René.

O Botafogo enfrenta o Figueirense, nesta terça-feira, às 21h, no Estádio Nilton Santos, pela Copa do Brasil. O Figueirense precisa vencer ou empatar, desde que marque pelo menos três gols. Caso o placar do primeiro encontro se repita, a decisão da vaga será nas cobranças de pênaltis. O GloboEsporte.com acompanha a partida em Tempo Real.

Por Chandy Teixeira Rio de Janeiro/GE