quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Daniel Carvalho estreou no Botafogo há 3 meses. E não consegue jogar 90min



Daniel Carvalho ainda não conseguiu encaixar um jogo completo pelo Botafogo (Vitor Silva/SSPress)


O Botafogo tem problemas. E o principal deles atualmente é a criação de jogadas no ataque. O desempenho recente na Série B mostra uma equipe frágil ofensivamente, com apenas dois gols marcados nos últimos sete jogos. Recheado de jovens, Ricardo Gomes busca alternativas para dar mais força ao meio-campo alvinegro. Daniel Carvalho é uma opção, mas está longe de ser uma certeza.

Pouco mais de três meses após a estreia – com direito a gol em vitória sobre o Capivariano, pela Copa do Brasil, no final de abril –, Daniel Carvalho ainda tem dificuldades para garantir continuidade no time titular. Foi prioridade com Renê Simões, mas caiu de rendimento e passou a participar de rodízio.

Com o interino Jair Ventura, teve menos oportunidades e jogou apenas 15min em três partidas realizadas pelo clube neste período. Com Ricardo Gomes, segue no banco de reservas. Teve pouco mais de 15min para jogar novamente na estreia do treinador, em empate sem gols com a Luverdense.

Fato é que a comissão técnica usa Daniel Carvalho com extrema cautela. O meia não foi utilizado nos 90min das partidas que o Botafogo disputou na Série B e na Copa do Brasil em nenhuma oportunidade. Desde a estreia, Daniel teve a maior participação pelo time na partida contra o Oeste, em que jogou como titular e saiu aos 30min do segundo tempo.

Com maior pressão sobre os meias, Daniel Carvalho surge como alternativa para melhorar o desempenho ofensivo do clube na Série B. Diego Jardel, no entanto, é o titular neste início de trabalho de Ricardo Gomes.

"Eu acho que os adversários estão mais ligados, somos o time a ser batido na Série B. Temos que sair dos bloqueios e estamos buscando isso nos treinos. O professor Ricardo Gomes tem trabalhado a quebra de linha e pretendemos melhorar já no próximo jogo", indicou Diego Jardel.

Além de Daniel Carvalho, Elvis e Tomás Bastos também brigam pela posição no meio-campo. Nenhum deles consegue continuidade, nem mesmo o titular do momento.

Na próxima rodada, o Botafogo visita o Santa Cruz. A partida está marcada para as 16h30 deste sábado, no estádio Arruda. O Alvinegro está na segunda posição da Série B, com 30 pontos, e recebe pressão na tabela. Vitória (3º), Bahia (4º), Sampaio Corrêa (5º) e Náutico (6º) seguem na cola dos cariocas, todos com 28 pontos.

Do UOL, no Rio de Janeiro