quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Com personalidade e pressa, Ronaldo é apresentado no Botafogo


Artilheiro da Copa do Brasil, atacante também mostra talento com as palavras e tem dois meses para se firmar no clube: “Tenho que fazer muitos gols”



Melhor ataque da Série B, com 43 gols, o Botafogo apresentou nesta quinta-feira seu último reforço da temporada: Ronaldo, artilheiro da Copa do Brasil, com seis gols pelo Ituano. E se tem esperança de aumentar seu poderia ofensivo, certamente o Alvinegro terá mais confiança na frente. Cheio de personalidade, Ronaldo, 24 anos, se apresentou ao torcedor alvinegro após o treinamento realizado no Estádio Nilton Santos.


- A história do Botafogo é muito linda, com muitos craques, que fizeram história aqui e na Seleção. Vou procurar fazer a minha história. Tenho 12 jogos para isso. E quem sabe assim possa dar continuidade. Sou centroavante, jogo de costas para o gol, fazendo o pivô. Mas também me movimento, saio da área, posso jogar com outro centroavante. Tenho alto poder finalização, com os pés e com a cabeça. Também sou bem técnico. Velocidade não é muito o meu forte - disse o novo atacante do Botafogo. 

Ronaldo exibe sua nova camisa em apresentação nesta quinta-feira (Foto: Vitor Silva/SSPress)
Ronaldo chega a um time que, apesar da liderança da Série B, convive constantemente com críticas e pressão. O atacante, porém, não se mostrou preocupado.


- Pressão sobre centroavante existe sempre. Desde a base. O centroavante precisa de gols. Sou muito frio quanto a isso. Procuro não ouvir. Quando centroavante não faz gol, não presta. Quando faz é o rei. Então quando estou bem, não penso que sou o cara. Tento manter o equilíbrio. Futebol é muito complicado. Não tem uma fórmula, um segredo. Uma sequência de jogos boa ajuda o centroavante a fazer gols. Espero ter essa confiança do torcedor e possa surpreender nessa reta final de campeonato. Espero fazer uma estreia maravilhosa, com gols, e o Botafogo possa ganhar.


Com contrato até o fim da Série B, Ronaldo terá pouco mais de dois meses para provar que pode seguir no Botafogo na próxima temporada. O atacante sabe bem a fórmula para conquistar a torcida alvinegra: gols.


- Tenho que fazer muitos gols. Não tem como. Atacante vive disso. Comigo não é diferente. Vou procurar fazer o máximo de gols e me dedicar muito.


Até mesmo quando indagado sobre suas referências na posição, Ronaldo não se esquivou e elogiou centroavantes de rivais do Botafogo.


- O Ricardo Oliveira é um cara de quem eu sempre fui fã. Até porque saí da base da Portuguesa, como ele. Ele voltou ao Brasil, provou seu potencial e, com 35 anos, é artilheiro do Campeonato Brasileiro. Também gosto muito do Ronaldo (Fenômeno). Para mim ele foi o melhor. Mas também gosto de outros como o Fred, que não está muito bem agora, e o Guerrero.


Ronaldo está relacionado para a partida contra o Boa Esporte, nesta sexta-feira. O atacante, no entanto, deve começar no banco. A tendência é que Ricardo Gomes comece com Lulinha e Sassá na frente.


Por Marcelo BaltarRio de Janeiro/GE