sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Intensivão para 2016! Vários atletas têm de mostrar serviço para ficar no Bota


Com apenas nove jogos pela frente na Série B, jogadores que estão em baixa no Botafogo ou que ainda não estrearam têm de se esforçar para garantir permanência em 2016




Bazallo ainda não estreou pelo Botafogo
 (Foto: Vitor Silva / SSPress)
Com a proximidade do fim da Série B do Campeonato Brasileiro, muitos jogadores ainda têm futuro incerto no Botafogo. Ao todo, 24 atletas do atual elenco têm contrato somente até o fim deste ano. O clube está próximo de voltar à elite e já começou o planejamento da próxima temporada. Alguns jogadores – como Elvis, Carleto, Willian Arão, Navarro e Renan Fonseca – iniciaram conversas para renovar contrato, enquanto outros ainda precisam mostrar algo a mais para provar que podem vestir a camisa alvinegra na Primeira Divisão.


Nesta espécie de intensivão de olho em 2016, jogadores atualmente em baixa e que pouco têm jogado - como Diego Jardel, Pedro Rosa, Alisson, Serginho, Rodrigo Lindoso, Tomas e Lulinha - serão testados e observados pela comissão técnica.

Há também os casos de atletas que nem sequer estrearam. O volante uruguaio Bazallo, que foi contratado na companhia do atacante Navarro, ainda não entrou em campo, oficialmente, com a camisa alvinegra. O atacante Ronaldo, que chegou há pouco, é outro que aguarda oportunidade de mostrar serviço. Além deles, o cabeça de área Airton, que voltou ao Glorioso há cerca de um mês, espera uma chance.


Titulares que não são unanimidades entre a torcida, como Daniel Carvalho, Luis Ricardo, Roger Carvalho e Diego Giaretta, podem ser enquadrados em outra situação. Eles têm a confiança do técnico Ricardo Gomes, mas não estão garantidos em 2016. Os quatro citados, por exemplo, têm contrato com o Alvinegro somente até o fim deste ano.

Certo mesmo é que os jogos desta reta final de temporada serão decisivos para o futuro de muitos jogadores. O volante Camacho lembrou, em entrevista coletiva, que os atletas alvinegros “não vão tirar o pé” mesmo se conquistarem o acesso antecipadamente, já pensando em permanecer no Botafogo.

Os treinos desta semana foram muito disputados e deram uma ideia do que vem por aí. Os jogadores vibraram muito com cada gol marcado durante as atividades no campo anexo do Estádio Nilton Santos, mesmo num período sem jogos. Líder, o Glorioso só volta a campo no próximo dia 17, contra o Bragantino, pela 31 rodada desta Série B do Brasileiro.

TRÊS CRIAS DA BASE COM SITUAÇÃO INDEFINIDA

Alguns jovens formados nas categorias de base do Botafogo também têm situação indefinida no clube. O meia Gegê, por exemplo, tem contrato somente até o fim desta temporada e ainda não foi procurado para renovar. Ele tem o interesse de permanecer, mas o futuro ainda é incerto.

O lateral-esquerdo Jean também tem contrato só até o fim do ano. Ele é reserva de Carleto e não teve grandes atuações neste primeiro ano como profissional no Glorioso.

Agora terceiro goleiro, Renan tem situação indefinida com contrato até dezembro. Ele começou o ano em alta e teve boas atuações no Estadual, mas perdeu espaço para Helton Leite após a chegada de Ricardo Gomes.



Leia mais no LANCENET!