terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Apresentado, Diogo se diz ofensivo e tenta despertar faro de gol pelo Bota


Sem saber se será regularizado a tempo da estreia no Carioca, lateral se anima em usar camisa de Nilton Santos: "Quero mostrar que contrataram bom jogador para a 6"





O Botafogo segue em busca de um lateral-esquerdo para o elenco, mas enquanto isso Diogo Barbosa chegou de mansinho e já assumiu a titularidade do setor durante a pré-temporada do clube em Domingos Martins, no Espírito Santo. Quase um mês depois de ser contratado por empréstimo junto ao Goiás, o jogador foi apresentado oficialmente na noite desta terça-feira, em General Severiano, pelo gerente de futebol alvinegro Antônio Lopes. Em suas palavras, ambições de um jovem de 23 anos que almeja fazer sucesso na carreira após já ter defendido nos profissionais Vasco, Sport, Guarani, Coritiba, Atlético-GO e Goiás. As metas já estão definidas: de renovar contrato ao fim do vínculo de um ano, de se firmar usando a camisa que já foi de Nilton Santos e também virar ídolo do clube.

Gerente de futebol, Antônio Lopes tratou Diogo Barbosa como "excelente contratação" do Botafogo (Foto: Thiago Lima)


- Quero crescer aqui, ser um ídolo, é um clube que te fornece tudo o que precisa para desempenhar um bom futebol. Quero continuar aqui, renovar contrato, essas são minhas ambições. Fiquei sabendo da importância dessa camisa 6, me preparei bastante, se eu for o escolhido para usar ela tenho que estar bem. Quero isso, mostrar que contrataram um bom jogador para usar essa camisa 6.

Sou um lateral que gosto bastante de atacar, mas não tenho feito muitos gols. Espero que saiam aqui no Botafogo. Aos poucos a gente vai se soltando, se adaptando. Acredito que na estreia vou poder fazer mais do que eu fiz na pré-temporada"
Diogo Barbosa, lateral-esquerdo do Botafogo


Quem acompanhou o treino desta terça, em General Severiano, viu um Diogo diferente do amistoso contra a Desportiva e do jogo-treino diante do Rio Branco de Venda Nova. Antes do coletivo, na atividade em campo reduzido com quatro times divididos em sete jogadores, o lateral avançou em diagonal, tabelou com Lizio, fintou Saulo e marcou um lindo gol. Mas estufar as redes não tem sido a rotina do jovem, que ainda não marcou gols como profissional. Porém, ele garante ser ofensivo e espera aguçar a veia artilheira no Botafogo.


- Sou um lateral que gosto bastante de atacar, mas não tenho feito muitos gols. Espero que saiam aqui no Botafogo. Aos poucos a gente vai se soltando, se adaptando. Acredito que na estreia vou poder fazer mais do que eu fiz na pré-temporada - afirmou o ala, que ainda não sabe se será regularizado a tempo de jogar a estreia do Carioca neste sábado, contra o Bangu.


- Isso aí ainda não sei, não me falaram nada.


Após Diogo Barbosa, restam dois reforços dos já contratados pelo Botafogo até agora a serem apresentados: o volante Bruno Silva e o meia boliviano Damián Lizio.

Por Thiago Lima/Rio de Janeiro/GE