quinta-feira, 17 de março de 2016

Emerson sonha com Olimpíadas, mas CBF enxerga convocação como difícil


Zagueiro de 20 anos ganha os holofotes no Botafogo com 12 jogos como profissional. Tempo escasso para testes é o entrave para Seleção, que o enxerga como promissor




Emerson comemora o gol contra o Vasco
(Foto: André Durão/Globoesporte.com)
Não é só Luís Henrique e Neilton que são potenciais jogadores "olímpicos" no Botafogo. O meteórico Emerson também quer chamar atenção às vésperas dos Jogos Rio 2016. Com apenas 12 jogos como profissional, o zagueiro de 20 anos tem ganhado a concorrência com nomes mais badalados e conseguiu abocanhar parte dos holofotes do time. E como todo bom protagonista tem o seu talento marcante: os chutes fortes. Foi assim que ele marcou seu único gol com a camisa do Alvinegro no clássico contra o Vasco. Contra o Flu, enfiou uma bomba no travessão e quase surpreendeu Diego Cavalieri com um chute do meio-campo. Tudo muito rápido na vida do jogador que começou o ano como uma boa opção da base. Agora, com a vaga no time titular conquistada da forma sólida, Emerson, bem ao seu jeito, não esconde que sonha com uma convocação para a seleção que vai disputar as Olimpíadas.


- Quem sabe? Eu vou continuar fazendo meu trabalho, continuar trabalhando firme. Se o professor achar que eu mereço essa oportunidade, eu vou ficar muito feliz - disse o zagueiro que usa as frases curtas para se livrar logo da mira implacável das câmeras e microfones.


Porém, o sonho do garoto prodígio alvinegro não encontra dentro da CBF grande realidade. Apesar de enxergar como um jogador promissor, um membro da comissão técnica não acredita em convocação do zagueiro para os Jogos Rio 2016. O motivo é a falta de tempo para testes. A seleção olímpica tem apenas mais dois amistosos antes das Olimpíadas - Nigéria (dia 24) e África do Sul (27). No entanto, excepcionalidades podem mudar o panorama, uma vez que a avaliação é positiva.




- Fico feliz por estar sendo reconhecido. Eu só tenho que continuar treinando. Ainda não sou ninguém. Não fiz nada ainda. Acho que tenho muito para crescer. Vou seguir trabalhando - afirmou o zagueiro.


Os zagueiros convocados por Rogério Micale para os dois últimos compromissos para o Rio 2016 foram Dória (Granada-ESP), Rodrigo Ely (Milan-ITA), Wallace (Monaco-FRA) e Rodrigo Caio (São Paulo). Apesar de não aparecer nesta lista, Marquinho (PSG-FRA) é presença certa. Ainda há expectativa dentro da CBF de que Miranda (Inter-ITA) seja convocado para integrar o trio com idade superior a 23 anos permitido pelo regulamento dos Jogos Olímpicos.



Por Chandy Teixeira e Pedro Venancio/Rio de Janeiro/GE