sábado, 4 de junho de 2016

CBF marca Bota x Vitória para Raulino, mas Alvinegro tenta cartada por Arena



Diretoria não desiste de inaugurar estádio na Ilha do Governador no dia 12 e tem até segunda-feira para mudar local. Em fase final de reforma, local ainda precisa de laudo



Na noite da última sexta-feira, a CBF marcou a partida Botafogo x Vitória para o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, às 11h (de Brasília). Mas o martelo ainda não está batido. A diretoria Alvinegra mantém conversas com a confederação e ainda tem uma chance, embora remota, de conseguir inaugurar neste jogo a "Arena Botafogo", na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro. Para isso, tem até segunda-feira para viabilizar um laudo de segurança que falta tirar. O clube garante o local preparado para um público de 15 mil pessoas, capacidade mínima exigida pela CBF, até o dia 12 e aguarda uma nova inspeção - outros três mil lugares de arquibancadas móveis serão construídos na semana seguinte.

Arena Botafogo está em fase final das obras, mas estádio ainda precisa de laudo técnico (Foto: Divulgação / Botafogo)

Fato é que a decisão da CBF em marcar o jogo para Volta Redonda causou uma insatisfação na diretoria do Botafogo, quem tem outros planos caso não consigam liberar a arena para a inauguração no dia 12. O plano B seria jogar no Estádio Radialista Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG), ou no Kleber Andrade, em Cariacica (ES). O Raulino de Oliveira, que vem recebendo públicos pequenos nos jogos de times do Rio, seria a última opção.


Nas redes sociais, o Botafogo vem divulgado frequentemente fotos da reforma avançada da arena, mas o palco ainda não está totalmente pronto. Entulhos ainda são vistos no entorno, a ampliação da arquibancada móvel não foi concluída e falta iluminação para jogos noturnos - por esse motivo o clube antecipou o horário do jogo contra o Vitória para 11h. Se não conseguir viabilizar a "Arena Botafogo" para o dia 12, mas conseguir instalar os refletores a tempo, a inauguração do estádio pode ser na quarta-feira, 15, contra o América-MG, às 21h. Depois disso, o próximo jogo como mandante será só dia 22, contra o Figueirense.


Fonte: GE/Por Thiago Lima/Rio de Janeiro