sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Com a prioridade de voltar à elite, Botafogo usará Carioca para avaliar equipe


Com muitas contratações e mudanças também na comissão técnica e na diretoria, Botafogo terá no Estadual a oportunidade de ver quem ficará e sairá para a Série B






O Botafogo deve usar o Campeonato Carioca como preparação para o grande objetivo deste ano: voltar à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. No entanto, o Glorioso também está de olho no título da competição. O caneco serviria para elevar o moral de todos num ano complicado.

O time ainda está em formação. Com 14 reforços e uma reformulação no elenco após o rebaixamento do ano passado, o Botafogo entra no Campeonato Carioca muito diferente daquele time que terminou o Campeonato Brasileiro.

Com tantas mudanças, o Glorioso chega no Estadual sem favoritismo, mas ainda tem chances de conquistar o título. Se o time conseguir se entrosar rapidamente, pode chegar às finais da competição sem fazer muito esforço. Isto porque, os clubes de menor investimento estão longe de serem grandes ameaças neste ano.

O presidente Carlos Eduardo Pereira já deixou claro que o Botafogo precisa, pelo menos, fazer uma campanha digna das tradições do clube. No ano passado, com o time reserva na maioria dos jogos, o Alvinegro fez a pior campanha dele na história da competição.

Por isso, neste ano, é a equipe principal que irá a campo, em princípio, em todos os jogos.

A torcida, por sua vez, vai precisar ter bastante paciência. Os primeiros testes no Carioca serão fundamentais para a diretoria ter uma ideia se os reforços realmente têm condições de vestir a camisa alvinegra e representar bem o clube no Brasileirão da Série B.

O Estadual também será muito importante para jovens como Jean, Gilberto, Gegê e André Luis. O lateral-direito e o meia serão titulares e terão a oportunidade de provar para a diretoria alvinegra que têm condições de serem mantidos na equipe. Caso eles não consigam deslanchar, o clube deve ir em busca de novos reforços no mercado.

SOBE E DESCE

SOBE

LEVE
Como o foco é a Série B, a perda do título não será tão cobrada pela torcida.

DESCE

PADRÃO
Com muitas mudanças em relação ao ano passado, o time pode demorar a engrenar.

Paulo Victor Reis - LANCENET!