sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Encontro com dirigentes sela apoio de torcidas organizadas ao Botafogo


Membros dos sete principais grupos do clube estiveram nesta sexta-feira no Engenhão para manifestar apoio ao time. Diretoria trata reunião como positiva



Na véspera da estreia no Campeonato Carioca, o Botafogo recebeu, nesta sexta-feira, membros das sete principais torcidas organizadas para uma reunião no Engenhão. No encontro, as partes reconheceram a importância da temporada e firmaram um pacto pelo Alvinegro. Não houve cobranças, e os torcedores manifestaram apoio ao time.

- Foi ótimo. Muito positivo - disse, rapidamente, o vice de futebol, Antônio Carlos Mantuano.

Além de membros das organizadas, participaram do encontro o vice de futebol, Antônio Carlos Mantuano, o gerente, Antônio Lopes, e o técnico René Simões. A reunião não teve a presença de jogadores. 

Treino da pré-temporada, em Niterói, tiveram boa presença e apoio dos torcedores do Botafogo (Foto: Marcelo Baltar)
No final de 2014, com o clube em situação complicada no Campeonato Brasileiro, membros de uma torcida organizada invadiram o Engenhão durante um treino da equipe e ameaçaram jogadores. Em conversa com os atletas, o clima ficou pesado e quase terminou em briga. O meio-campo Carlos Alberto, que já deixou o clube, foi um dos mais cobrados e discutiu com os vândalos. Em outro episódio, um grupo fez vigília em General Severiano contra decisão do então presidente Maurício Assumpção, que havia rescindido o contrato dos jogadores Emerson, Bolívar, Edilson e Julio Cesar.

O Botafogo estreia no Campeonato Carioca neste sábado, às 17h, contra o Boavista, em São Januário. O GloboEsporte.com acompanha a partida em Tempo Real.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE