quarta-feira, 22 de abril de 2015

Botafogo de Pimpão pode igualar time de Garrincha; entenda

GAZETA PRESS
Rodrigo Pimpão comemora gol pelo Botafogo no Campeonato Carioca 

Rebaixado para a Série B, com um rombo financeiro e quase nenhuma esperança. Apenas os mais otimistas torcedores do Botafogo poderiam imaginar que alguns meses depois, o clube que parecia no fundo do poço esteja agora na crista da onda. Na final do Campeonato Carioca, onde pega o "freguês em decisões" Vasco, o Botafogo de Rodrigo Pimpão e companhia pode igualar a histórica década de 1960.

Na década mais gloriosa do clube, o Botafogo se sagrou quatro vezes campeão, em 1961, 1962, 1967 e 1968. Primeiro, liderado por Manga, Nilton Santos, Garrincha, Quarentinha e Amarildo, o bicampeonato conquistado com duas goleadas por 3 a 0 sobre o rival Flamengo ainda vive no imaginário dos botafoguenses. Depois, os alvinegros puderam ver Gérson, Rogério, Roberto, Jairzinho e Paulo César Caju fazendo a festa sobre Bangu e Vasco, comandados pelo Velho Lobo, dando seus primeiros passos como treinador.
GAZETA PRESS
Botafogo de Garrincha é considerado o maior time da história do clube
Agora, mesmo com uma realidade bem diferente de sua era de ouro, o Glorioso pode igualar um fato histórico: Pela primeira vez após a década de 1960, a equipe pode vencer o quarto campeonato no espaço de 10 anos, já que venceu em 2006, 2010 e 2013, e pode adicionar o troféu de 2015 à sua suntuosa galeria de títulos.

O Botafogo de René Simões e Rodrigo Pimpão já fez história: com a classificação para a decisão, essa é a oitava final alvinegra em 10 anos. A única vez que o time conseguiu tal feito foi nos primórdios do Carioca, antes da existência de Flamengo e Vasco. Foi campeão ou vice oito vezes entre 1907 e 1916 (07, 08, 09, 10, 12, 13, 14, 16).

Assim, o grupo montado com extrema dificuldade pela cúpula de futebol para a disputa da segunda divisão do Campeonato Brasileiro pode fazer história e se juntar à grandes ícones do futebol mundial. Se a chegada à final já é um orgulho para os alvinegros e para a nova diretoria, o título levaria os torcedores ao delírio. Como diz a famosa frase: "Há coisas que só acontecem ao Botafogo".

Jogadores comemoram final estadual do 'desacreditado' Botafogo

Bill destaca superação do Botafogo na semifinal do Carioca


Por ESPN