segunda-feira, 4 de maio de 2015

Confiante, Diego Jardel garante Bota forte: "Vamos colocar nas cabeças"


Mesmo depois do vice-campeonato do Campeonato Carioca para o Vasco, meia faz balanço positivo: “Temos que sair de cabeça erguida. Surpreendemos muita gente”



Diego Jardel marcou o gol do Botafogo na derrota
 para o Vasco (Foto: Vitor Silva / SSPress)
O título não veio, mas no Botafogo é consenso: o time foi além do que os críticos previam e conseguiu surpreender no Campeonato Carioca. Campeão da Taça Guanabara e vice-campeão do estadual, o Alvinegro termina a competição superado pelo Vasco, mas o sentimento entre os jogadores é de dever cumprido.

Esse foi o tom da entrevista coletiva do técnico René Simões após a final e dos jogadores na saída do Maracanã. O meia Diego Jardel foi na mesma direção e lembrou que no início de 2015 ninguém apontava o Alvinegro como candidato ao título.

- Infelizmente, a gente lutou, fez o que pôde, mas o resultado não foi o que pretendíamos. Temos de sair de cabeça erguida pelo campeonato que fizemos, surpreendemos muita gente ao chegar na final. Certeza que o grupo vai fazer excelente campanha na Copa do Brasil e no Brasileiro. O Botafogo está se reerguendo, botamos o clube novamente nas finais. É o intuito, sempre brigar pelos títulos. Agora, é foco total no Brasileiro e na Copa do Brasil - disse o meia.

Diego Jardel foi muito elogiado por René Simões após a partida. Recuperado de lesão muscular sofrida logo no início do Carioca, aos poucos o meia tenta retomar o lugar no time titular. Na chegada ao clube, recebeu a camisa 10 e fez planos de chegar a uma decisão num Maracanã lotado, fazer gol e ser campeão. Conseguiu quase tudo. Foi dele o gol marcado na derrota por 2 a 1, mas faltou o título.

- Fomos cobrados para reerguer esse clube. É para ser exaltado o campeonato que a gente fez. A gente sai feliz, com a cabeça erguida, e vida que segue. Procuro fazer minha parte, trabalhar quieto. Fui coroado com um gol, ele até deu esperança para a gente, mas infelizmente não deu. Vamos colocar o Botafogo nas cabeças e vamos voltar com tudo ano que vem para a elite do futebol brasileiro - disse o meio-campo.

O grupo de René volta a treinar na tarde desta segunda-feira, às 17h, no Engenhão. Na quarta-feira, o time enfrenta o Capivariano pela segunda fase da Copa do Brasil, também no Engenhão. A estreia na Série B será no sábado, contra o Paysandu, no Mangueirão, em Belém, às 21h (de Brasília).

Por Marcelo Baltar e Richard SouzaRio de Janeiro/GE