segunda-feira, 15 de junho de 2015

Olho nele! Joia do Bota, Luis Henrique começa a treinar no elenco principal


De volta da seleção sub-17, após marcar quatro gols em cinco jogos, promessa da base será observada por René e não teme pressão: "Levo para o lado da motivação"




Quando se reapresentar nesta segunda-feira, o Botafogo terá novidade. A expectativa da torcida é grande, mas não é qualquer contratação de impacto. O "reforço" é de casa mesmo. Após dois dias de folga, o elenco principal terá seu primeiro contato com Luis Henrique. Principal promessa da base alvinegra, o atacante, de 17 anos, treinará com o grupo principal para ser observado pelo técnico René Simões.

- A expectativa é boa. Venho há meses trabalhando duro, até nas férias procurei manter a forma. Quero fazer bons treinos. Espero chegar, treinar muito e buscar meu lugar. O René decide se vou jogar ou não. Eu vou treinar forte e fazer o que tenho que fazer. Mas vou buscar espaço – disse a joia das categorias de base do Botafogo, animada com a oportunidade.

Artilheiro da Copa do Brasil sub-17, Luis Henrique marcou 14 gols em dez jogos (Foto: Vitor Silva / SSPress)

Luis Henrique desembarcou nesta sábado no Rio de Janeiro após duas semanas com a seleção brasileira sub-17. Nesse período, estava prevista a disputa da Suwon Cup, na Coreia do Sul, mas o torneio foi cancelado por conta do vírus Mers, que vem afligindo o país asiático.

A seleção sub-17, então, aproveitou para treinar em Itu, no interior de São Paulo, durante duas semanas. Tempo suficiente para Luis Henrique mostrar seu faro de gols para o técnico Carlos Amadeu. Foram quatro em cinco amistosos.

- Foram duas semanas muito boas. Não viajamos para a Coreia do Sul por causa da epidemia, mas disputamos amistosos contra adversários de muita qualidade. Foi um período muito bom, que serviu para adquirir experiência.

Entre torcedores do Botafogo, a expectativa é grande. Desde a participação na Copa do Brasil sub-17, o nome de Luis Henrique é quase tão comentado quanto a de alguns atletas do time profissional. O motivo principal foram os impressionantes 14 gols em dez jogos, que atraíram não só a atenção da torcida, mas também a do técnico René Simões. 



- A torcida já me reconhece um pouco nas ruas. A torcida do Botafogo é muito apaixonada. Sei que a expectativa é alta, mas lido muito bem com isso. Não levo para o lado da pressão, mas sim para o lado da motivação. Quero mostrar meu futebol, mas fico tranquilo porque sei da qualidade que tenho. Os torcedores do Botafogo podem esperar muita vontade e dedicação, porque vou sempre procurar honrar essa camisa.

No que depender de René Simões, a primeira oportunidade não deve demorar. O treinador planeja observar Luis Henrique entre os profissionais, como ele se comporta dentro e fora de campo. O treinador, no entanto, já deixou claro que não tem medo de queimar etapas, que a oportunidade está nas mãos do atacante e que a (pouca) idade não será um problema.

- O Luis Henrique é um jogador que há algum tempo quero que treine conosco para eu dar uma olhada. A questão da idade não tem nada a ver. Temos o exemplo do Gerson, que está muito bem no Fluminense. Espero que dê certo. Tomara - frisou o treinador do Botafogo.

Além de Luis Henrique, que será integrado nesta segunda-feira, o Botafogo conta com outros três centroavantes no elenco: Bill, Henrique e Vinícius Tanque, da equipe sub-20, que foi incorporado recentemente aos profissionais.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE