sexta-feira, 17 de julho de 2015

Jefferson conversa com atletas e pede que todos assumam responsabilidades


Capitão do Botafogo lamenta a demissão do técnico René Simões, mas diz que os jogadores, dentro de campo, terão que reverter o momento ruim da equipe




René Simões pagou com seu emprego pela crise técnica e pela brusca queda de rendimento do Botafogo nos últimos jogos. O ex-treinador, no entanto, não é o único culpado pelo momento da equipe, e os jogadores estão cientes disso. Capitão, o goleiro Jefferson chamou os atletas para uma conversa após a saída de René e cobrou que os próprios revertam em campo a má fase do time. É a hora de assumir responsabilidade.

- Eu, como capitão, reuni os jogadores e expliquei a situação. Isso faz parte do futebol. Vamos ter que colocar nossa experiência em prática. Não só eu, mas muitos outros têm essa responsabilidade. Nesse momento, os jogadores têm que se conscientizar de que temos que tirar o Botafogo dessa situação - afirmou Jefferson.

Jefferson assume papel de capitão: cobra reação do Botafogo (Foto: Christian Alekson / Cearasc.com)
Jefferson ainda lamentou a saída de René e elogiou e desejou sorte ao ex-treinador.

- É claro que foi triste ver a saída de um profissional que aprendi a admirar. Vou guardar o professor René para sempre comigo. Foram grandes exemplos. Sabemos que futebol é resultado. Lamentamos, mas não temos tempos para ficar sentidos. Desejo toda sorte ao René e espero que ele volte logo a trabalhar. Mas já temos um jogo muito difícil contra o Náutico no sábado e temos que seguir em frente.

O capitão alvinegro também apoiou o trabalho do técnico interino, Jair Ventura e e preferiu não opinar sobre a escolha do novo treinador.

- Vamos dar força ao Jair (Ventura). Conhecemos bem o trabalho dele. É um cara que está buscando seu espaço, conhece bem futebol e não caiu aqui de paraquedas... Sei bem do meu limite no Botafogo. Cobro, motivo os jogadores, chamo a responsabilidade... Mas não cabe a mim interferir na decisão da diretoria e do presidente. É claro que, pela minha experiência e tendo a liberdade, vou dizer o que penso. Mas não vou falar para trazer alguém, esse ou aquele. Essa é uma decisão que cabe à diretoria

Ainda sob o comando de Jair Ventura, o Botafogo treina na manhã desta sexta-feira, no Estádio Nilton Santos. Sábado, às 16h30, o time recebe o Náutico.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE